A A A
O Galo cantou, a que hora, onde? PDF Imprimir E-mail
Articulistas - Angela Caruso
03-Abr-2012
 
ImageMesmo com toda a tecnologia que hoje faz despertar milhões de trabalhadores, o Galo ainda desperta alguns outros milhares por este mundo de Deus. O Galo sempre foi um membro importante nas comunidades, o despertador da natureza, respeitado inclusive por ser polígamo.

 “Ouviu o Galo cantar, não sabe onde nem a hora”.


Pois é, mesmo se garantindo com amigo Galo para o despertar de um novo dia, inúmeras pessoas nas noites em que o Galo passa por leve insônia e canta fora da hora ficam desorientadas, e se levantam esbaforidas provocando um transtorno coletivo ao fazer despertar os demais membros da casa. Confusão?

A estas pessoas chamamos de “desorientados”! Ouviram cantar o Galo, não sabem a que hora nem onde?

Outro detalhe. O Galo pode cantar fora da hora com a possibilidade de “luzes artificiais” emitidas durante a noite, daí quem se confunde com o amanhecer é ele e solta os pulmões. Também “desorientado”!

E se o Galo cantar três vezes? A coisa fica feia. Sinal de traição. Basta lembrar do Pedro!

Nesta rica memória sobre o Galo vimos que é visto também como um símbolo arquetípico, celestial. Para os franceses e portugueses representa a luz e a inteligência por anunciar a hora de despertar. É também considerado um símbolo da vigilância e da mente que sempre desperta. Tudo de bom não é?

Porém, os “desorientados” ouvem o Galo cantar sem sequer saber onde e em qual hora e já se abalam em produzir falácias numa enxurrada de “comentários desinformados”. Isto, por simples descaso à leitura e a boa pesquisa sobre os “assuntos de interesse”. Um exemplo: a causa animal.

Uma vez que meio conhecimento, meio técnica, meio comportamento será sempre pouco para realizarmos a obra que os animais esperam e merecem, pensem um pouco se um engenheiro empregando parte do que sabe para calcular as fundações de um prédio ou um cardiologista com parte do que aprendeu operasse seu coração? Você acharia muito arriscado?

Então, ao transportarmos os riscos para a causa animal vimos que tamanha desorientação e falta de informação terminam por confundir as pessoas podendo chegar a invalidar (matar) o trabalho árduo daqueles que estão construindo a memória desta causa em benefício dos animais, inclusive do Galo.

Portanto, se ouvir cantar o Galo fique atento. Desperte antes de colocar seus pés no chão, seja responsável com a Vida não esquecendo jamais que: a caminhada não é só sua e o Galo certamente vai cantar outra vez!

Angela Caruso
Abril de 2012
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal