A A A
Um outubro de padres, beagles e halloween PDF Imprimir E-mail
Editorial - Editoriais Anteriores
30-Out-2011
por: Erico Mabellini*
ImageO padre "artista" Marcelo Rossi poderia ter ficado sem essa, justamente durante a celebração de uma missa no sábado, dia 01 de outubro, por ocasião do dia de São Francisco de Assis protetor dos animais o padre declarou em publico sua aversão aos gatos avisando, no momento da benção, para que as pessoas  “não trouxessem gatos, pois não gosto de gatos, eles são traiçoeiros”. Que declaração mais infeliz e preconceituosa, eu nunca engoli esse tal padre "cantor", mas... cada um tem o idolo que prefere.
Todo o tempo em que vigorou a chamada Santa Inquisição, a Igreja se encarregou de espalhar todo tipo de superstição no imaginário coletivo, associando os pobres gatos com demônios e outras criaturas do mal. Será que o "bardo" padre quer trazer de volta a inquisição?
A assessoria de imprensa do padre informou que ele não falaria sobre o assunto. Segundo os assessores, tudo não passou de “uma brincadeira”. Brincadeira, oras uma pessoa publica como o padre Marcelo não pode se dar ao luxo de "brincar" ao expor suas idéias preconceituosas, uma declaração como essa pode gerar uma nova perseguição aos gatos que já são bastante mau-tratados.  Que tal os Homens (o H maiusculo é proposital) de batina com poder de mídia iniciarem uma campanha contra os padres que traem a confiança de meninos fiéis e inocentes? Ou será que consideram que também estejam "brincando"?

ImageNo entanto, nem tudo é "brincadeira" na igreja católica, o padre austriaco Thomasz Jaeschke luta por uma causa: o tratamento humano aos animais.
Sua cruzada ganhou o nome de "Que Vadis Vatikan" e apesar de possuir seguidores na Internet, a Igreja ainda é surda aos seus apelos. Ele escreveu uma carta ao Papa em fevereiro, pedindo que ele o recebesse para falarem sobre a importante causa dos animais, criados pelas mesmas mãos amorosas e nossos irmãos menores. Sem resposta, o padre foi assim mesmo ao Vaticano onde jejuou por dois dias na Praça São Pedro, em solidariedade aos animais que são todos os dias mortos, torturados e negligenciados por todo o mundo. O Papa não o recebeu. O site do padre é www.animalpastor.eu (com opção em Português).

ImagePor falar em Idade Média, a perseguição e o sacrifício de animais continua em pleno século XXI, só que agora em nome da "ciência". A Justiça determinou na terça-feira (18) a suspensão dos experimentos realizados com cães da raça beagle , no curso de Odontologia na Universidade Estadual de Maringá (UEM), no norte do Paraná. A liminar foi concedida após denúncia realizada pelo Ministério Público (MP) de que os cachorros eram vítimas de maus-tratos. A decisão impede, inclusive, quaisquer outras pesquisas com animais na universidade. Qual será o limite desses pesquisadores para conseguirem suas bolsas e artigos publicados em revistas cientificas? Pelo visto eles não possuem limites. Temos que estar sempre atentos e lutar contra a vivissecção e o uso de animais no ensino e na pesquisa. Temos que gritar pelos que não podem falar para que os cientistas trabalhem sempre com métodos substitutivos e parem com o martirio de todas as espécies de animais utilizadas em seus laboratórios e biotérios.

ImageE para não dizer que não falei de bruxas, o mês de outubro fecha com o halloween, que retornando ao início do texto, deve causar arrepios ao padre "brincalhão", pois remete aos gatos pretos, tão perseguidos durante a era da escuridão. Ao contrário do que a estupida cultura popular sempre preconizou, os gatos pretos não são sinônimo de mau agouro, são na verdade símbolos da capacidade de meditação e recolhimento espiritual, autoconfiança, independência e liberdade, um exemplo de plena harmonia com o Unirverso.
Parabéns a todas as bruxas e bruxos que na companhia de seus gatos (pretos ou não) ajudam a preservar a mãe natureza, respeitando todas as formas de vida nela existentes. Aproveitando o assunto, conheça a Campanha Pró- Pretinhos - Adoção sem Preconceito - do Projeto SOS Felinos.

* Seguindo a tradição familiar de dois avós, um italiano dos alpes, que lutava contra as atitudes ditatoriais da igreja católica e outro espanhol, sapateiro e integrante do movimento libertário no antigo bairro do Brás (SP), este escriba não professa qualquer religião. Aliás, foi duplamente excomungado pelo Papa da igreja católica apostólica romana.

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal