A A A
Atibaia: Câmara Municipal aprovou projeto que proíbe rodeios e vaquejadas em Atibaia PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
08-Nov-2016
 

Câmara Municipal aprovou projeto que proíbe rodeios e vaquejadas em Atibaia

 
A Câmara aprovou, na sessão da última segunda-feira, 7 de novembro, projeto do vereador Prof. Rodrigo Parras que proíbe vaquejadas, farras de boi e rodeios no município. Tomando como base a decisão do Supremo Tribunal Federal do dia 6 de outubro, que por seis votos a cinco, considerou a prática das vaquejadas como inconstitucional, o vereador lembrou-se da luta desenvolvida para que o rodeio fosse proibido em Atibaia.
 
Defensor da causa animal e presidente da Comissão de Bem-Estar Animal da Câmara, Rodrigo agradeceu o apoio dos pares para a aprovação. Ele lembrou que o projeto foi incentivado por militantes de Atibaia, reunidos em ongs. Segundo o vereador, a aprovação da Câmara veio em bom momento, já que a Promotoria do Meio Ambiente, em Bragança, apresentou ação civil pública, pedindo que tanto o rodeio como a exposição agropecuária, por questões sanitárias, não aconteçam em perímetro urbano e que rodeios realizados na cidade vizinha não possam fazer uso de instrumentos e atividades que impliquem maus-tratos aos animais.

A Promotoria de Bragança citou esses instrumentos: Calf Roping (laçar bezerros com apenas 40 dias de vida); Team Roping (um peão laça a cabeça de um garrote enquanto outro lança as pernas e em seguida o esticam); Bulldoggin (com o cavalo a galope, o peão atira-se sobre a cabeça de um garrote em movimento pelo chifre, torcendo-o violentamente); vaquejadas (dois peões, em cavalos a galope, cercam garrote em fuga. Um dos peões traciona e torce a cauda do animal até que se tombe); e montarias (montar o peão no animal e nele se manter enquanto salta, com uso de esporas, sedém, sinos, peiteiras e choques elétricos).
 
De acordo com a sentença, “a proteção aos animais e a vedação a maus tratos ou condutas que empreguem meios cruéis decorrem de ordem constitucional”. Em resumo, o evento vai poder continuar acontecendo, inclusive os shows no Posto de Monta, mas o rodeio e a exposição deverão ser em perímetro rural, sem as atividades de maus-tratos.

“A proibição em Bragança poderia trazer esse evento para Atibaia. Com a aprovação do nosso projeto, conseguimos barrar essa ameaça”, concluiu o vereador Prof. Rodrigo.

Com informações provenientes do Departamento de Comunicação Câmara Municipal da Estância de Atibaia
 
 
 
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal