CQC faz denúncia das péssimas condições do Parque das Hortênsias em Taboão da Serra/SP PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
08-Ago-2012
 
Por Liah Marques
Da Redação do Portal O Taboanense
 
Jaulas inapropriadas para os animais e sem placas de informações, entulhos, sinais de vandalismo, locais pequenos para os animais, teias de aranha pelo local, recintos sem manutenção e falta de segurança foram alguns pontos que o programa semanal CQC exibiu, na noite segunda-feira, dia 6, do Zoológico de Taboão da Serra, o Parque das Hortênsias.



O que mais preocupa no zoológico é o estado em que os animais se encontram. Segundo uma bióloga, consultada pela reportagem, no Parque há animais visivelmente doentes, com sinais de abandono, machucados e com problemas respiratórios, como por exemplo, um veado que está com sintomas de pneumonia. Também foi constatado que as jaulas das aves estão enferrujadas e muito sujas. “Podemos perceber, também, que os animais estão expostos constantemente e andam estressados”, disse a especialista.

Outro ponto abordado pela reportagem foi a falta de segurança e proteção entre as jaulas dos animais e o público, principalmente as crianças, que podem ficar muito próximas das grades e acabarem se ferindo. Durante a reportagem, jovens foram flagrados usando drogas no parque, por volta das 14 horas. As paredes do parque e algumas jaulas estão pichadas, há trechos de terra que acabaram virando barrancos por conta da chuva e se tornam extremamente perigosos, principalmente por causa das crianças, que podem escorregar e se machucar.

A reportagem foi feita devido a denúncias que o programa recebeu de alguns moradores que, inconformados, pedem alguma atitude da Prefeitura. Uma moradora, inconformada com o estado do local que deveria servir como ponto turístico da cidade, disse que “nos últimos anos, o parque está abandonado e sem segurança alguma”.

O biólogo do parque disse, sobre o estado dos animais, que é necessário a avaliação do veterinário responsável e, se for identificado algum sinal de doença entre eles, será resolvido. Ao se justificar, o diretor do zoológico, Ricardo Andrade, se comprometeu a fazer uma grande melhoria em todos estes pontos levantados pelo programa no período de cinco meses.

Outro lado


A Assessoria de Imprensa da Prefeitura, procurada pelo Portal O Taboanense, alega que “o Parque está sob supervisão da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (que hoje substitui o IBAMA), e recentemente realizou uma inspeção de acompanhamento e, se tivesse alguma irregularidade, deficiência técnica ou maus tratos, estas questões seriam apontadas pelo técnicos”.

A assessoria informou ainda que a direção do Parque cumpre rigorosamente as novas regras e determinações no trato e cuidados com os animais, dentro dos prazos estabelecidos pela Secretaria Estadual. Ainda segundo a assessoria, técnicos da Fundação Parque Zoológico de São Paulo, visitaram o Parque a pedido da prefeitura e nenhuma irregularidade foi constatada.
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, através do BLOG ou então pelos nossos Grupo no YAHOO, Grupo Rede Bichos e Comunidade ORKUT. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal