A A A
CQC faz denúncia das péssimas condições do Parque das Hortênsias em Taboão da Serra/SP PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
08-Ago-2012
 
Por Liah Marques
Da Redação do Portal O Taboanense
 
Jaulas inapropriadas para os animais e sem placas de informações, entulhos, sinais de vandalismo, locais pequenos para os animais, teias de aranha pelo local, recintos sem manutenção e falta de segurança foram alguns pontos que o programa semanal CQC exibiu, na noite segunda-feira, dia 6, do Zoológico de Taboão da Serra, o Parque das Hortênsias.



O que mais preocupa no zoológico é o estado em que os animais se encontram. Segundo uma bióloga, consultada pela reportagem, no Parque há animais visivelmente doentes, com sinais de abandono, machucados e com problemas respiratórios, como por exemplo, um veado que está com sintomas de pneumonia. Também foi constatado que as jaulas das aves estão enferrujadas e muito sujas. “Podemos perceber, também, que os animais estão expostos constantemente e andam estressados”, disse a especialista.

Outro ponto abordado pela reportagem foi a falta de segurança e proteção entre as jaulas dos animais e o público, principalmente as crianças, que podem ficar muito próximas das grades e acabarem se ferindo. Durante a reportagem, jovens foram flagrados usando drogas no parque, por volta das 14 horas. As paredes do parque e algumas jaulas estão pichadas, há trechos de terra que acabaram virando barrancos por conta da chuva e se tornam extremamente perigosos, principalmente por causa das crianças, que podem escorregar e se machucar.

A reportagem foi feita devido a denúncias que o programa recebeu de alguns moradores que, inconformados, pedem alguma atitude da Prefeitura. Uma moradora, inconformada com o estado do local que deveria servir como ponto turístico da cidade, disse que “nos últimos anos, o parque está abandonado e sem segurança alguma”.

O biólogo do parque disse, sobre o estado dos animais, que é necessário a avaliação do veterinário responsável e, se for identificado algum sinal de doença entre eles, será resolvido. Ao se justificar, o diretor do zoológico, Ricardo Andrade, se comprometeu a fazer uma grande melhoria em todos estes pontos levantados pelo programa no período de cinco meses.

Outro lado


A Assessoria de Imprensa da Prefeitura, procurada pelo Portal O Taboanense, alega que “o Parque está sob supervisão da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (que hoje substitui o IBAMA), e recentemente realizou uma inspeção de acompanhamento e, se tivesse alguma irregularidade, deficiência técnica ou maus tratos, estas questões seriam apontadas pelo técnicos”.

A assessoria informou ainda que a direção do Parque cumpre rigorosamente as novas regras e determinações no trato e cuidados com os animais, dentro dos prazos estabelecidos pela Secretaria Estadual. Ainda segundo a assessoria, técnicos da Fundação Parque Zoológico de São Paulo, visitaram o Parque a pedido da prefeitura e nenhuma irregularidade foi constatada.
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal