A A A
Cadela desaparece em voo da TAM entre Rio e Manaus, diz dono PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
13-Set-2012
 
Segundo ele, empresa disse que o animal fugiu no desembarque.
Família está abalada e oferecendo recompensa para quem encontrar.

Mônica Dias - Do G1 AM
A cadela vira-lata Carmina, de dois anos, viajou do Rio de Janeiro até Manaus em uma aeronave da empresa TAM, na tarde de terça-feira (11), e desapareceu, segundo o responsável pelo animal. Carmina foi enviada pela dona, Cléo Carvalho Ohana, de 26 anos, para a capital amazonense. Ela está no Rio participando de um mestrado e retorna a Manaus na madrugada deste domingo (16), mas resolveu enviar Carmina antes.

Carmina tem dois anos e está perdida em Manaus (Foto: Arquivo pessoal)
Carmina tem dois anos e está perdida em Manaus (Foto: Arquivo pessoal)

O padastro de Cléo, o servidor público Maurício Lapa, de 60 anos, disse que o avião pousou no aeroporto Eduardo Gomes às 15h, mas só o avisaram sobre a situação às 16h20. "Ninguém queria informar nada sobre Carmina. Depois de mais de uma hora eles disseram que, quando abriram o compartimento de bagagem, ela estava solta e pulou para a pista, correndo em direção a saída. Chegando lá, o segurança abriu o portão e a deixou sair. Os funcionários da TAM disseram que a seguiram em direção à Avenida Torquato Tapajós, mas desistiram após ela entrar em uma área de mato fechado próxima a algumas empresas", disse.

Segundo ele, as chances de recuperar Carmina teriam sido maiores caso ele tivesse ajudado nas buscas desde o ínicio. "O que me deixa mais triste é que eles mentiram. Estavam tentando achar a cadela e não me informaram que ela tinha fugido. Se eu soubesse na hora, teria ajudado nas buscas e as chances de recuperá-la seriam maiores. Eles nem sabiam o nome dela para chamá-la", relatou.

A dona da cadela, Cléo, está muito abalada (Foto: Arquivo pessoal)
A dona da cadela, Cléo, está muito abalada (Foto: Arquivo pessoal)
A enteada de Maurício foi para o Rio de Janeiro fazer mestrado e encontrou Carmina, ainda filhote, abandonada na rua. Segundo Maurício, ela se apegou muito ao animal e está muito abalada com a perda. "Se você falar com ela, dá dó. A TAM chegou a entrar em contato com ela, pedindo uma foto para fazer cartazes de divulgação, mas ainda não fizeram nada", disse.

O servidor público afirmou que está desconfiado da versão contada pela empresa, e disse que pretende recorrer à Justiça. "Segundo eles, ela pulou de uma altura de dois metros até o chão. Se ela tivesse feito isso teria se machucado e não teria conseguido correr tanto. Já entrei em contato com um advogado e pretendo recorrer à Justiça, tanto pelo valor sentimental que a Carmina tem para a minha enteada quanto pela irresponsabilidade da empresa em relação ao transporte de animais".

Para dar informações ou ajudar nas buscas de Carmina, a família disponibilizou para contato os números de telefones 9988-3889 e 9627-6750. Os donos estão oferecendo recompensa para quem encontrá-la.

Procurada pelo G1, a TAM encaminhou a seguinte nota através de assessoria: "Em relação ao vivenciado com o animal doméstico da Sra. Cléo Carvalho Ohana, passageira do voo JJ3766 (Rio de Janeiro-Galeão/Manaus) do dia 11 de setembro de 2012, informamos que já estamos em contato com a nossa cliente para prestarmos o apoio que se fizer necessário para a solução do ocorrido".
 
 
 
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal