A A A
Casal é preso com arma e galos de briga em chácara de SP PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
27-Nov-2011
 
Um casal de comerciantes foi detido na sexta-feira em uma chácara de Araçatuba, a 524 km de São Paulo, por porte ilegal de arma e maus tratos a animais. No local, policiais civis apreenderam 30 aves, incluindo galos de briga, acessórios para aves de rinha e um revólver. Eles também serão investigados por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Agentes da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) foram até a chácara, localizada no Jardim do Éden, para cumprir um mandado de busca domiciliar. O comerciante de 23 anos e sua mulher haviam sido denunciados em telefonemas anônimos por tráfico de entorpecentes na chácara.

Os policiais não encontraram drogas, mas disseram que havia no local uma balança de precisão para pesagem de substâncias entorpecentes. Além disso, era mantido na chácara um terreiro para rinha com vários galos de brigas, com marcas de ferimentos.

Os suspeitos foram autuados em flagrante e serão investigados por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5490026-EI5030,00-Casal+e+preso+com+arma+e+galos+de+briga+em+chacara+de+SP.html

 

Polícia quer identificar envolvidos em rinha de galos de Araçatuba, SP


Foram apreendidos 42 galos em uma chácara durante operação.
Animais eram vendidos por R$15 mil, segundo delegado.

Do G1 São José do Rio Preto e Araçatuba
A Polícia Ambiental tenta identificar os envolvidos num esquema de rinha de galos em Araçatuba, interior de São Paulo, descoberto nesta quinta-feira (24). Os animais eram treinados e vendidos para brigas.

Havia 42 galos em uma chácara. Alguns estavam bem machucados e outros seriam vendidos. O delegado da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes, Jaime José da Silva, descobriu a rinha por acaso. Os policiais suspeitavam que no local funciona um ponto de venda de drogas.

Foram apreendidos R$15 mil em dinheiro, tênis falsificados, dois veículos, um revólver e uma balança de precisão. Por isso, a suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas ainda continua.

Segundo o delegado, alguns animais seriam vendidos por até R$15 mil. Por enquanto, os galos vão continuar no local até que a Polícia Ambiental encontre uma destinação correta.

O dono foi multado em R$22 mil, preso e encaminhado para a cadeia de Penápolis. A mulher dele também foi presa e levada para a cadeia de General Salgado.
http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/2011/11/policia-quer-identificar-envolvidos-em-rinha-de-galos-de-aracatuba-sp.html


 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal