A A A
Centro de Reabilitação abriga 11 onças que nunca viveram na floresta PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
22-Jul-2012
LUCIA MOREL
Onça permanece no Cras até encontrar um zoológico. - Foto: Paulo Ribas / Correio do Estado
Onça permanece no Cras até encontrar um zoológico. - Foto: Paulo Ribas / Correio do Estado
Onças que nunca viveram em seu habitat e nunca tiveram contato com os pais. Essa é a situação de 11 felinas pardas que chegaram ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras), em Campo Grande, e que não poderão viver livres na natureza. Todas elas chegaram ainda filhotes ao centro e as mais velhas, que são três, tem sete anos de idade. A mais novinha tem pouco mais de um mês de vida e ainda nem foi colocada na jaula com outros três filhotinhos. “Ela chegou esta semana (passada)”, contou o veterinário Álvaro Roberto Cavalvanti.

Ainda inofensiva, mas bastante brava, a mais nova oncinha do Cras começa a viver a mesma situação das outras de sua espécie: o cativeiro. “Elas vão ficar aí até que alguém se disponha a cuidar delas ou para sempre.Elas não têm condições de serem reintroduzidas na natureza”, afirmou Cavalcanti.

Isso porque as onças do Cras e claro, de outros cativeiros controlados como zoológicos e centros de reabilitação, estão acostumadas com a presença humana, o que é um risco para elas “Se elas forem soltas na natureza elas vão caçar normalmente, e esse não é o problema. Mas como estão acostumadas com o homem não teriam problema em se aproximar dos centros urbanos, por exemplo, e correriam o risco de serem mortas e abatidas”, comentou.
 
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal