A A A
Grupo Especial de Defesa da Fauna do MPMG apoia decisão do STF sobre vaquejadas PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
03-Nov-2016
 
Supremo Tribunal Federal julgou procedente Ação Direta de Inconstitucionalidade contra lei cearense que regulamenta a vaquejada como prática desportiva e cultural naquele estado


ImageO Grupo Especial de Defesa da Fauna (Gedef) do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), assim como o Supremo Tribunal Federal (STF), entende que a vaquejada não deve ser regulamentada. O grupo manifestou seu apoio à decisão da suprema corte. O STF julgou procedente uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) proposta por um procurador da República, no Ceará, que contesta a Lei 15.299/2013 daquele estado, a qual regulamenta a vaquejada como prática desportiva e cultural. Para o supremo, há uma “crueldade intrínseca” aplicada aos animais durante as vaquejadas.

A vaquejada era regulamentada desde 2012 no Piauí, em Fortaleza e na Bahia, enquanto outras leis semelhantes aguardavam sanção na Paraíba e em Alagoas.

Mesmo com a posição do STF, integrantes do Gedef estão preocupados com uma possível mudança em relação à proibição da vaquejada. Parlamentares discutem a aprovação de dois Projetos de Emenda à Constituição (PEC). O primeiro, n° 270/2016, define a prática de rodeios e vaquejadas como expressão artística e cultural e como patrimônio imaterial brasileiro. Isso, segundo o Gedef, transformaria a atividade em modalidade esportiva. Já o segundo, nº 50/2016, assegura sua continuidade, desde que regulamentada em lei específica que assegure o bem-estar dos animais envolvidos.

Atuação do Gedef em Caeté
Houve a atuação do Grupo Especial de Defesa da Fauna, conjuntamente com a Promotoria de Justiça de Caeté, no intuito de impedir a realização das provas de rodeio na cidade, sendo expedidas recomendações ao município, as quais foram acatadas. Contudo, a empresa do organizadora do evento propôs mandado de segurança, no qual foi emitido parecer. A liminar foi deferida. O MPMG interpôs recurso da decisão.

No entanto, houve a festividade, mas foi solicitado à Polícia Militar a disponibilização de uma veterinária, especialista em animais de grande porte, para realizar vistoria técnica dos animais utilizados no evento.

Justiça proíbe vaquejada em Governador Valadares
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), no último dia 12 de outubro, manteve decisão de primeira instância que proíbiu a realização de prova de vaquejada durante a “Grande Vaquejada de Governador Valadares”, realizada entre os dias 13 e 16 de outubro. A medida se deu no âmbito de Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 10ª Promotoria de Justiça de Governador Valadares.

O promotor de Justiça Leonardo Diniz Faria, que assina a ação, afirma que ela segue a linha do decidido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4983, finalizado no último dia 6 de outubro. De modo geral, considerou-se que o dever de proteção ao meio ambiente sobrepõe-se aos valores culturais da atividade desportiva, diante da crueldade aplicada aos animais na vaquejada.

Manejo de capivaras
Um problema urbano, um desafio para a saúde pública, uma batalha judicial e uma controvérsia entre especialistas, tudo concentrado em uma única espécie de animal: as capivaras, especialmente as que habitam a região da Pampulha. Depois que a contaminação por febre maculosa matou uma criança de 10 anos em Belo Horizonte, intensificou-se a polêmica em relação ao destino dos animais. Para debater esta questão, o MPMG participou de uma audiência pública realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) no último dia 26. Porém, os trabalhos foram encerrados sem um consenso sobre o manejo das capivaras.

Ministério Público de Minas Gerais
Superintendência de Comunicação Integrada
Diretoria de Imprensa
Tel: (31) 3330-8016/3330-8166
Twitter: @MPMG_Oficial
Facebook: www.facebook.com/MPMG.oficial
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal