Homem amarra jegue em carro e arrasta por mais de 3 km em rodovia PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
18-Fev-2013
 
Um ato de extrema selvageria praticado pelo elemento identificado como Celso Ferreira, 67 anos, deixou a população do povoado Três Barras, no município de Gracco Cardoso, revoltada

Munir Darrage / Faxaju
Cena de terror. Assim está sendo classificado a ação praticada por um idoso no povoado três Barras no município de Gracco Cardoso (SE), a 118 Km de Aracaju. Um idoso, de forma cruel e covarde amara um jegue em um chevete e arrasta o animal por mais de três quilômetros.

Jegue foi arrastado por mais de três quilômetros. (Foto: João Matemática)
Jegue foi arrastado por mais de três quilômetros. (Foto: João Matemática)

Um ato de extrema selvageria praticado pelo elemento identificado como Celso Ferreira, 76 anos, deixou a população do povoado três Barras, no município de Gracco Cardoso, revoltada com tanta crueldade praticada pelo idoso, que de forma covarde, amarrou um jegue em seu veículo, um Chevete e o arrastou por cerca de três quilômetros.

Tudo não passaria de mais um ato de “divertimento” não fosse a presença do deputado estadual capitão Samuel Barreto que se encontrava no município, e ao tomar conhecimento da covardia que havia sido praticada pelo idoso, acabou interferindo, tentando responsabilizar o elemento, porem o prefeito do município, “achou que não foi nada e mandou libertar o elemento que praticou a selvageria”, desabafou uma moradora que pediu para não ser identificada com medo de represálias do elemento e do prefeito.
Por telefone, o deputado Samuel Barreto se mostrou indignado e emocionado disse que “no momento em que avistamos a selvageria, pedimos que o elemento fosse apreendido, porem sem ninguém entender o prefeito mandou soltar. Veja ai a foto do animal, que nós conseguimos encaminhar para Aracaju para ver se salva a sua vida”, contou o parlamentar que também não entendeu a atitude do prefeito que de forma autoritária e irregular mandou liberar o elemento.

No início da tarde deste domingo (17), uma moradora da localidade contou que o animal, embora tenha sido encaminhado para a Faculdade Pio Décimo para receber os tratamentos não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Sociedade de Proteção aos animais deve acionar não só o elemento que praticou o ato, mas também o prefeito que optou pro proteger Celso Ferreira, libertando-o da prisão. Uma moradora indignada questiona o motivo de o prefeito ter protegido um elemento que praticou tamanha crueldade. “Imagina o que esses elementos fariam com um ser humano. Amarrar um animal indefeso em um carro arrastar por mais de três quilômetros, é muita covardia. Espero que tenha autoridade em Sergipe para botar atrás das grades uma pessoa sem coração como essa”, desabafou.

Matéria postada originalmente no Portal Fax Aju
 
 

 
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, através do BLOG ou então pelos nossos Grupo no YAHOO, Grupo Rede Bichos e Comunidade ORKUT. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal