A A A
Homem amarra jegue em carro e arrasta por mais de 3 km em rodovia PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
18-Fev-2013
 
Um ato de extrema selvageria praticado pelo elemento identificado como Celso Ferreira, 67 anos, deixou a população do povoado Três Barras, no município de Gracco Cardoso, revoltada

Munir Darrage / Faxaju
Cena de terror. Assim está sendo classificado a ação praticada por um idoso no povoado três Barras no município de Gracco Cardoso (SE), a 118 Km de Aracaju. Um idoso, de forma cruel e covarde amara um jegue em um chevete e arrasta o animal por mais de três quilômetros.

Jegue foi arrastado por mais de três quilômetros. (Foto: João Matemática)
Jegue foi arrastado por mais de três quilômetros. (Foto: João Matemática)

Um ato de extrema selvageria praticado pelo elemento identificado como Celso Ferreira, 76 anos, deixou a população do povoado três Barras, no município de Gracco Cardoso, revoltada com tanta crueldade praticada pelo idoso, que de forma covarde, amarrou um jegue em seu veículo, um Chevete e o arrastou por cerca de três quilômetros.

Tudo não passaria de mais um ato de “divertimento” não fosse a presença do deputado estadual capitão Samuel Barreto que se encontrava no município, e ao tomar conhecimento da covardia que havia sido praticada pelo idoso, acabou interferindo, tentando responsabilizar o elemento, porem o prefeito do município, “achou que não foi nada e mandou libertar o elemento que praticou a selvageria”, desabafou uma moradora que pediu para não ser identificada com medo de represálias do elemento e do prefeito.
Por telefone, o deputado Samuel Barreto se mostrou indignado e emocionado disse que “no momento em que avistamos a selvageria, pedimos que o elemento fosse apreendido, porem sem ninguém entender o prefeito mandou soltar. Veja ai a foto do animal, que nós conseguimos encaminhar para Aracaju para ver se salva a sua vida”, contou o parlamentar que também não entendeu a atitude do prefeito que de forma autoritária e irregular mandou liberar o elemento.

No início da tarde deste domingo (17), uma moradora da localidade contou que o animal, embora tenha sido encaminhado para a Faculdade Pio Décimo para receber os tratamentos não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Sociedade de Proteção aos animais deve acionar não só o elemento que praticou o ato, mas também o prefeito que optou pro proteger Celso Ferreira, libertando-o da prisão. Uma moradora indignada questiona o motivo de o prefeito ter protegido um elemento que praticou tamanha crueldade. “Imagina o que esses elementos fariam com um ser humano. Amarrar um animal indefeso em um carro arrastar por mais de três quilômetros, é muita covardia. Espero que tenha autoridade em Sergipe para botar atrás das grades uma pessoa sem coração como essa”, desabafou.

Matéria postada originalmente no Portal Fax Aju
 
 

 
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal