A A A
Justiça determina fechamento do zoológico do Parque das Hortênsias em Taboão da Serra - SP PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
11-Ago-2016
 
Inaugurado em 14 de fevereiro de 1978, pelo então prefeito Armando Andrade, o Parque das Hortênsias sempre foi considerado a maior atração de Taboão da Serra. E o zoológico, que na década de 80 chegou a figurar entre os 10 mais importantes do Estado de São Paulo, chega a um fim em 2016.

A decisão de fechar o zoo partiu do Ministério Público de São Paulo que determinou a remoção de todos os animais, principalmente devido os antigos e inapropriados recintos que abrigavam aves, mamíferos, repteis e felinos. Desde março deste ano a prefeitura de Taboão da Serra já cumpre a ordem e os animais foram transferidos para outros zoológicos e santuários.


Parque das Hortênsias terá atividades voltadas para a educação; animais já foram transferidos


O vice-prefeito, Laércio Lopes, que é o responsável pelas tratativas com o Ministério Público disse que a prefeitura já tem um novo projeto para o Parque, mas ele não contempla animais. Portanto, o fim do zoológico é fato consumado. A pressão de entidades ligadas a defesa da causa animal também pesou para que a prefeitura decretasse o fim das atividades do zoo.

No ofício do MP, assinado pela promotora Vânia Tuglio ordena que a prefeitura cumpra as recomendações impostas pela Secretaria de Meio Ambiente, que negou autorização para o manejo dos animais, o que inviabiliza tecnicamente a continuação do zoo. “Há anos, desde 2011, o órgão ambiental vem exigindo a adequação e a regularização por parte do zoológico [...] encontran-se pendentes diversas solicitações feitas pela SMA, evidenciando a falta de perspectivas de melhoras no empreendimento”.

Segundo Laércio Lopes, a prefeitura já transferiu 95% dos animais e aguarda que o Departamento de Fauna (Defau) indique o local par aonde serão transferidas as poucas araras que ainda estão no parque. “Estamos cumprindo a decisão da justiça, agora temos que pensar em uma nova destinação para o espaço”.

O prefeito Fernando Fernandes já declarou que pretende construir no local uma escola de educação ambiental, mas o projeto ainda é um sonho. “Agora com a retirada dos animais fica mais fácil conseguir as autorizações ambientais para a construção da escola, temos o projeto pronto, é ligado a secretaria d educação, será muito importante para nossa cidade essa escola”, lembra Lopes.

Outra perspectiva é construir no local uma escola infantil de trânsito. “Esse é um estudo, já temos uma empresa que se dispôs a patrocinar o projeto. Queremos dar um uso mais educacional e de lazer para o Parque das Hortênsias, isso vai democratizar o uso do espaço”, acredita o vice-prefeito. 
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal