A A A
MPSP obtém liminar que impede realização de rodeio em Brodowski PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
22-Set-2015
 
Evento apresentava falta de segurança e teria provas com riscos aos animais

O Ministério Público obteve liminar em ação civil pública proibindo a realização do 24º Rodeio Show que aconteceria em Brodowski, entre quinta-feira (17/9) e domingo.

A ação civil, ajuizada na última quarta-feira, é fundamentada no inquérito civil que a Promotoria instaurou em 2013, no qual se tentou a formalização de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Prefeitura para que não fossem realizasse eventos do tipo “rodeio”, que expõe os animais a riscos de saúde e integridade.

O inquérito também tinha o objetivo de fazer com que a municipalidade se comprometesse a seguir normas de segurança para eventos com grande presença de público, tais como apresentação do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), quantidade mínima de seguranças e controle de pontos de acesso, além das normas de proteção ao consumidor, como o direito à meia-entrada. A Prefeitura, contudo, se negou a assinar o acordo em 2013 e não realizou, desde então, qualquer outra festa de grande porte.

Entretanto, anunciou o 24º Rodeio Show para o último final de semana, com provas de rodeio nas quais animais seriam submetidos a sofrimento. Além disso, a programação do evento não cumpria diversas cláusulas previstas nas leis de proteção ao meio ambiente e ao consumidor, bem como normas de segurança pública, bem como não foi apresentado AVCB, não foi oferecida meia-entrada e ainda previa a presença de número pequeno de seguranças privados (de 13 a 20 seguranças por noite, para um público estimado em mais de três mil pessoas). Diante disso, a Promotoria ajuizou a ação para impedir a realização do evento e para que  os valores dos ingressos fossem restituídos aos consumidores.

A Vara Cível de Brodowski acatou, no mesmo dia, os pedidos liminares, proibindo a realização do evento e obrigando a Prefeitura e a empresa organizadora da festa a reparar os prejuízos sofridos pelos consumidores, devolvendo imediatamente, nos próprios guichês do evento, os valores dos ingressos. A municipalidade tentou, sem sucesso, reverter a decisão de Primeira Instância no Tribunal de Justiça, que negou o recurso impetrado. O evento não foi realizado.
 
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal