A A A
Macaco-prego é resgatado após ficar quatro anos acorrentado em cativeiro PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
22-Mai-2016
 
Mais de 30 animais silvestres já foram resgatados neste mês pelo Naturatins.
Quatro não resistiram e morreram; macaco foi enviado para reabilitação.


Do G1 TO

Macaco ficou 4 anos acorrentado em cativeiro (Foto: Grasiela Pacheco/Naturatins/Divulgação)


Diversos animais silvestres foram resgatados neste mês pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) após denúncias anônimas de maus-tratos e entregas voluntárias. Entre os animais há um macaco-prego que estava preso por correntes, em um cativeiro, há cerca de 4 anos.

Corrente sendo retirada de arara canindé (Foto: Grasiela Pacheco/Naturatins/Divulgação)
Corrente sendo retirada de arara canindé (Foto: Grasiela Pacheco/Naturatins/Divulgação)
O animal foi encontrado pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar em uma casa de Tocantínia, a 75 km de Palmas, após uma denúncia anônima.

Conforme o Naturatins, esse tipo de animal costuma ser inquieto e chama a atenção por demonstrar comportamentos semelhantes à inteligência humana.

O macaco apresentava mudanças de comportamento e no hábito alimentar por causa da domesticação.
"Agora será submetido a exames no período de reabilitação para diagnosticarmos e ministrarmos tratamento de possíveis doenças. Tão logo esteja recuperado fará parte de um grupo para soltura branda e integração à natureza", afirmou o Naturatins.

Deixar animais acorrentados permanentemente é considerado maus-tratos, conforme a legislação ambiental. Após ser resgatado, o macaco foi levado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Araguaína.

Apreensões

Até a última quinta-feira (19), o Naturatins recebeu 31 animais silvestres. Desses, 27 foram encaminhados para o Cetas e outras instituições parceiras. Quatro animais estavam debilitados e morreram.

Macaco foi enviado para centro de triagem (Foto: Grasiela Pacheco/Naturatins/Divulgação)
Macaco foi enviado para centro de triagem (Foto: Grasiela Pacheco/Naturatins/Divulgação)
Entre as espécies resgatadas estão: macaco-prego, raposa, veado, tamanduá mirim, corujas do mato, frango d´água azul, papagaios, tucanos, curiós, periquitos de encontro amarelo, quero-quero, rolinha, gaviões, araras canindé, bacurau e jabutis.

Entrega voluntária

Para denunciar a existência de um animal silvestre em cativeiro ou entregar voluntariamente basta ligar no telefone 3218-2677 ou na Linha Verde, no 0800 63 1155. Conforme o Instituto, não há qualquer sansão ou pena ao voluntário.

Em caso de denúncias ou insatisfação de quem está com o animal é necessário lavrar o auto de infração. Nesses casos, além do recolhimento do bicho e a multa aplicada ao infrator, há a divulgação dos dados.
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal