A A A
Mesmo após decisão do senado, vaquejadas seguem sendo ilegais PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
02-Nov-2016

Mesmo após o STF (Supremo Tribunal Federal) tornar ilegal a vaquejada, o Senado aprovou nesta última terça-feira (1) uma proposta que torna a prática patrimônio e manifestação cultural. O projeto também coloca os rodeios neste patamar.

A aprovação da proposta não significa a liberação da prática. Para isso, seria necessária a aprovação de uma PEC que transforme a vaquejada em modalidade esportiva. Isso já chegou a ser discutido na Câmara, contudo, a discussão pode ser alvo de questionamentos ainda assim.

O texto que torna a atividade em manifestação cultural, de autoria do deputado Capitão Augusto (PR-SP), foi apresentado em 2015 e aprovado na Câmara em maio deste ano. No início de outubro, o Supremo julgou uma ação movida pela PGR (Procuradoria-geral da República) e proibiu a realização das vaquejadas.

A proposta segue agora para sanção do presidente Michel Temer (PMDB). O texto foi ao plenário do Senado em regime de urgência após aprovação de um requerimento, na manhã desta terça, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Vaquejadas são competições em que peões montam cavalos e perseguem um boi até emparelhá-lo e derrubá-lo, puxando o animal pela cauda. A decisão do STF tratou de um caso específico, uma lei estadual cearense que regulamentava a prática, mas cria uma jurisprudência e abre caminho para a proibição da festa em outros Estados.
 
 
 
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal