A A A
Não é preciso diploma para ver o sofrimento de um ser vivo PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
01-Mai-2010

ENTREVISTA BÁRBARA LEBRECHT, VÍTIMA DE AGRESSÃO DURANTE PUXADA DE CAVALOS

Aos 58 anos, Bárbara Lebrecht é uma liderança em defesa da causa animal. Ex-presidente da Associação de Proteção aos Animais de Blumenau, ela recupera-se de uma cirurgia no fêmur, fraturado dia 18 abril, quando foi agredida, junto de outros manifestantes contrários à puxada de cavalos, por adeptos da competição. Em entrevista ao Santa, ela fala do desfecho que espera para o caso.

Jornal de Santa Catarina - Como está sendo a recuperação pós-cirurgia?

Bárbara Lebrecht - Estou em repouso, recuperando-me da cirurgia que exigiu a colocação de três parafusos na cabeça do fêmur. Houve também rompimento de artérias na hora da fuga e ficarei quatro meses sem apoiar o pé esquerdo no chão. Resultado da violência com que fui arremessada ao chão por um dos organizadores da competição.

Santa - Algumas pessoas disseram que os defensores dos animais não deveriam ter protestado, pois não eram bem-vindos ao local da competição. Qual sua resposta para isso?

Bárbara - Quem pratica irregularidades não poderia estar gostando de nossa presença. Nossa manifestação foi silenciosa. Estávamos com as bocas vedadas para não retrucar os xingamentos.

Santa - Passadas três semanas das agressões, como você avalia a repercussão sobre o caso?

Bárbara - Se a puxada tivesse sido um sucesso, o que não o foi, porque resultou em tentativa de assassinato, a prefeitura teria assumido a parceria com o evento. Mas, num gesto de tirar o corpo fora, o poder público distorceu os fatos ao afirmar que está dando apoio às pessoas agredidas. Ignorantes que não conhecem nossos combates contra crueldades afirmam que a puxada é um mal menor diante dos rodeios e matadouros. Por outro lado, recebemos muitas manifestações de apoio.

Santa - O que você sentiu na hora da agressão?

Bárbara - Em minha mente só vinha a imagem dos cavalos subindo a rampa para a tortura a qual seriam submetidos. Cabisbaixos, suados e com sede. Por um instante, estávamos no mesmo patamar, vítimas de algozes em fúria. Não senti dor na hora, somente a injúria a que estava sendo submetida.

Santa - Veterinários ouvidos pelo Santa argumentam que as raças de cavalos usadas na competição suportam puxar peso. Qual sua opinião?

Bárbara - A opinião de alguns veterinários não teve suficiente embasamento técnico. Os animais deveriam ter sido analisados antes, durante e após o evento, para se ter um quadro real do estado físico.

Santa - O que mais a impressionou na puxada?

Bárbara - Não estivemos no local da puxada, só na rua em frente. Mas já havíamos analisado filmagens de eventos anteriores que evidenciam a crueldade contra os animais. Não se faz necessário um diploma para que o sofrimento de um ser vivo seja percebido. Basta ter coração.

Santa - O que espera das investigações?

Bárbara - Que elas sejam feitas com justiça e sem pré-julgamentos. A verdade deverá ser vencedora.


MAGALI MOSER

Entenda o caso

- A prefeitura de Pomerode incluiu a puxada de cavalos no calendário de eventos, elaborado pela Secretaria de Turismo. Em reportagem publicada pelo Santa dia 15 de abril, o município alegou que a iniciativa serve apenas para evitar que eventos ocorram no mesmo dia, e garantiu não apoiar a competição

- Dia 18 de abril, durante a puxada de cavalos, no Clube Germano Tiedt, associações de defesa animal organizaram um protesto. Manifestantes e jornalistas foram agredidos. Pelo menos duas pessoas tiveram ferimentos graves

- A Polícia Civil abriu inquérito para investir o episódio. Pessoas agredidas acionaram a Justiça contra o Clube do Cavalo, que atribuiu ao público a ação violenta

- Em 20 de abril, a Associação Visite Pomerode, que reúne empresários do setor turístico, solicitou à prefeitura que interceda para suspender a puxada de cavalos até que haja uma discussão sobre o tratamento dado aos animais. As empresas temem prejuízos à imagem do município e ao turismo

http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,186,2890304,14609

Pesquise por Pomerode em nosso buscador e saiba mais 

 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal