A A A
No Recife, ativistas protestam contra atuação da Secretaria de Defesa Animal PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
04-Jun-2013
 

Foto: Michele Souza/JC Imagem
Foto: Michele Souza/JC Imagem

Protetores, ativistas e simpatizantes da causa animal se reúnem nesta quarta-feira (5), a partir das 9h30, para protestar contra a atuação da Secretaria de Defesa Animal (Seda), que em cinco meses de criação ainda não realizou nenhuma atuação de impacto. A concentração do grupo será na Praça Tiradentes, em frente ao Cesar, e os participantes são convidados a comparecer trajando preto e com narizes de palhaços.

Na ocasião, o grupo entregará ao prefeito um documento cobrando uma atuação mais eficiente da secretaria e o cumprimento de compromissos de campanha. Entre as reivindicações, o início imediato de uma campanha midiática educativa de amplo alcance de castração dos animais do Recife; ampliação do número de vagas dos gatis e dos canis do CVA, com a contratação imediata de profissionais qualificados para o trato com os animais resgatados; feiras semanais de adoção; e criação imediata do um site oficial e das redes de contato da Seda de adoções do CVA com riqueza de fotos e informações dos animais, além de atualização dos dados dos animais adotados e para adoção.

Os manifestantes também cobram a reformulação do texto do decreto que criou a Seda, garantindo altivez e autonomia no organograma municipal, definindo prazos e especificando quais são as políticas públicas destinadas à saúde, proteção, defesa e bem-estar animal.

Há ainda um alerta de que os protetores locais não serão tolerantes e nem coniventes com nenhuma medida higienizadora do executivo municipal, visando “limpar a cidade” com o extermínio de animais em função dos eventos da Copa das Confederação de 2013 e da Copa do Mundo de 2014. “Nenhuma medida que não respeite a dignidade da vida animal será considerada justa, eficiente e legítima”, ressalta o texto.

Na semana passada, a vereadora Priscila Krause (DEM) denunciou que foram destinados apenas R$ 30 mil para a nova secretaria.

OUTRO LADO - Em nota enviada à imprensa, a assessoria de imprensa da Seda informou que o valor liberado é "apenas um valor de partida para início da estruturação da secretaria". De acordo com o texto, a pasta receberá este ano R$ 1 milhão.

Leia a resposta na íntegra:

O prefeito Geraldo Julio criou, de maneira inédita, a Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais atendendo a uma grande reivindicação do movimento popular e seguindo a tendência de grandes cidades como Rio de Janeiro e Porto Alegre, que possuem estruturas semelhantes. Recife é a terceira capital do país a ter uma pasta voltada para políticas públicas animais.

Para tanto, a adequação do orçamento à nova estrutura administrativa da Prefeitura demandou destaque orçamentário de R$ 30 mil ainda nos primeiros meses de gestão, sendo este montante apenas um valor de partida para início da estruturação da secretaria. Com a pactuação das metas prioritárias, a suplementação superará a ordem de R$ 1 milhão para o ano de 2103. Assim, é um equívoco avaliar as ações da Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais tomando por base o seu orçamento para custeio (R$ 30 mil).

Outro ponto relevante que deve ser considerado é que muitas das ações que serão realizadas pela Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais serão feitas através da captação de recursos externos e de parcerias com outras secretarias, órgãos e instituições que não envolverão, necessariamente, recursos financeiros da SEDA e sim dessas outras pastas. A principal delas será a construção de um Hospital Veterinário público. O projeto está sendo discutido pela SEDA e deve ser lançado pela Prefeitura ainda este ano.

Por fim, vale ressaltar que a Seda tem apresentado resultados positivos neste início de atuação. A Secretaria promoveu, com muito sucesso, dois eventos que resultaram na adoção de dezenas de cães e gatos. Promoveu ainda diversas operações de resgate de animais vítimas de maus tratos por seus proprietários.

Atualmente, a pasta está em fase de estruturação de uma Central de Denúncias de ordens diversas, entre elas, maus tratos, animais abandonados, doentes. A secretaria está finalizando uma grande campanha de esterelização gratuita de cães e gatos, além de uma programação sistemática de disseminação da cultura de defesa dos animais para a sociedade civil, incluindo feiras vegetarianas - como já foi realizada na sede da PCR, para esclarecer o assunto aos servidores e ao público em geral; está em fase final de elaboração de um Projeto de Lei que proibe veículos de tração animal no Recife, e o do primeiro Hospital Veterinário Público da capital pernambucana. A pasta resgatou ainda, a aplicação de uma lei de 1962, proibindo o uso do chicote, para fiscalizar os maus tratos, para isso, foram feitas três operações de orientação e solicitação dos chicotes, com o apoio do Cipoma e Polícia Militar.

Na questão da formação, a Seda firmou parceria com a SDS-PE para reciclagem dos policiais militares, civis e bombeiros lotados na capital sobre a proteção animal.

Postado por Gabriela López

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal