A A A
ONG em Sorocaba/SP aguarda decisão judicial para receber orangotango PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
02-Out-2015
 
Sandra, de 30 anos, vive solitária em uma jaula em zoo da Argentina.
'Esperamos que os trâmites sejam rápidos", comenta presidente da ONG.


Do G1 Sorocaba e Jundiaí

Sandra vive sozinha em uma jaula de zoológico na Argentina (Foto: Reprodução/G1)


O Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba (SP) se ofereceu para abrigar a orangotango Sandra, de 30 anos, que está em um zoológico na Argentina. A macaca atualmente vive solitária em uma jaula, em Buenos Aires. Em entrevista por telefone ao G1, nesta quinta-feira (1º),  o presidente, Pedro Ynterian, afirma que a ONG aguarda a decisão da Justiça Argentina e não sabe quando o animal poderá vir. "Esse processo é demorado. Como o caso tem visibilidade, esperamos que os trâmites sejam mais rápidos", comenta.

Ynterian explica que a oferta da ONG foi feita a um comitê de especialistas internacionais em orangotangos que acompanha o caso. Segundo o presidente, o cômite foi designado para fazer um relatório com recomendações sobre o caso de Sandra e entrou em contato com o santuário em Sorocaba - afiliado ao Projeto GAP, uma entidade internacional de proteção aos primatas -, em que o pedido de colaboração foi estabelecido.

A entidade brasileira se responsabilizou por, entre outras coisas, cobrir todas as despesas necessárias para a transferência do animal. "Estimamos que o custo poderá chegar a US$ 10 mil. Teríamos que enviar um veterinário para lá, para avaliar a situação. Além de toda documentação exigida", esclarece o responsável pela ONG.

Sandra nasceu no zoológico alemão de Rostock e foi levada para a capital argentina em setembro de 1994. "A Justiça argentina reconheceu que Grandes Primatas são 'pessoas não-humanas' e não podem ser explorados ao seu bel prazer por seres humanos", afirma o presidente da entidade sorocabana.

Santuário de primatas em Sorocaba (Foto: Geraldo Jr./G1)
Santuário de primatas em Sorocaba (Foto: Geraldo Jr./G1)
Além de Sandra, a unidade também fez a mesma oferta para ficar com o orangotango Toto, que vive em isolamento no Zoológico de Chapultepec, na Cidade do México, após a morte do irmão. "O Toto também pode ser trazido para Sorocaba", diz o presidente.

O caso

Atualmente, o zoológico argentino onde Sandra vive é administrado por uma empresa terceirizada e vários parlamentares do país defendem transformar o local em um Parque Ambiental ao invés de uma área para exibir animais, informou o presidente, em nota publicada no site da ONG.

Sandra conseguiu uma decisão inédita da Justiça da Argentina em dezembro do ano passado. Ela recebeu um habeas corpus e foi reconhecida como um "sujeito não humano".
A requisição foi feita em novembro passado pela Associação de Funcionários e Advogados dos Direitos dos Animais (Afada) da Argentina e a Justiça acabou por considerar que o caso se trata de "confinamento injustificado de um animal com provada capacidade cognitiva."

"O caso Sandra tem o mérito de que a Justiça de um país, neste caso Argentina, reconheceu que os Grandes Primatas são pessoas não-humanas e têm direitos a serem respeitados, e não podem ser explorados ao seu bel prazer, pelos seres humanos", finaliza o presidente do Santuário de Sorocaba.


Santuário de primatas em Sorocaba (Foto: Geraldo Jr./G1)

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal