A A A
Oito mil animais silvestres morrem atropelados por ano no Pantanal PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
01-Abr-2011
O tráfego pesado nas estradas é uma ameaça aos animais que atravessam as pistas. Para desviar dos animais, motoristas fazem manobras arriscadas.

Alysson Maruyama - Corumbá, MS
Ambientalistas estão com um problema no Pantanal sul-matogrossense. O tráfego pesado nas estradas virou uma ameaça aos animais. O número de atropelamentos de animais silvestres chegou a oito mil só no ano passado.

A cena é comum nas estradas que cortam o Pantanal. Animais silvestres atravessam as pistas, na terra ou no asfalto. A cobra cascavel vai bem devagar. Nem sempre dá tempo de frear.

Ao longo da BR-262, várias espécies de bichos atropelados. A rodovia dá acesso a cidades pantaneiras e também é rota de exportação para a Bolívia, por isso tantos caminhões e carretas. Uma ameaça à fauna da região.

“Na época de enchente, eles estão fugindo da cheia, mudando de um local para outro, ou usando a estrada como refúgio temporário, para não ficar o tempo todo dentro da água. Na época de seca, quando começam a secar as lagoas, eles tentam buscar outros locais com água e alimentos, então cruzam a estrada com uma frequencia maior”, explica Walfrido Tomáz, especialista em fauna da Embrapa.

Os números divulgados pelo Ibama assustam: oito mil animais silvestres morrem atropelados todos os anos nas estradas de Mato Grosso do Sul.

Pelo menos 300 quilômetros da rodovia cortam o Pantanal. A maior parte dos atropelamentos de animais silvestres acontece das seis horas da tarde às oito da noite. Segundo a Polícia Rodoviária Federal é um período em que a visibilidade na estrada fica reduzida e é mais difícil perceber a presença de um animal na pista.

Para desviar dos animais, os motoristas fazem manobras arriscadas e elas já representam a segunda maior causa de acidentes nas rodovias do estado.

Nesta época do ano, em que o Pantanal vive uma das maiores cheias da história, quem viaja pela rodovia não pode ter pressa. Por lá também passam as comitivas que retiram o gado dos pastos alagados e levam os rebanhos para regiões mais altas.

A Polícia Rodoviária Federal informou que há sinalização nas estradas para alertar sobre o risco de acidentes com animais. O Ibama e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, o DNIT, assinaram um acordo para tomar uma série de providências, como a instalação de uma cerca pra impedir o acesso dos animais à pista. Só que até agora nada foi feito.
 

http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2011/04/oito-mil-animais-silvestres-morrem-atropelados-por-ano-no-pantanal.html

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal