A A A
Polícia Militar de Santa Catarina intensifica ações contra a farra do boi durante a Semana Santa PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
19-Abr-2011
 
Neste ano, 10 pessoas já foram presas na Grande Florianópolis por participarem da farra

Edinara Kley
Neste ano, a Polícia Militar já apreendeu 24 bois, a maioria tem ferimentos por todo o corpo Foto:Koldeway A. C. / Agencia RBS
Neste ano, a Polícia Militar já apreendeu 24 bois, a maioria tem ferimentos por todo o corpo Foto:Koldeway A. C. / Agencia RBS
A Semana Santa começou neste domingo e com ela, o período mais crítico da farra do boi. Por isso, nos próximos dias, a Polícia Militar (PM) vai intensificar ações de fiscalização e combate a prática. A instituição conta com denúncias da comunidade para evitar as crueldades cometidas contra os animais em Santa Catarina.

Neste ano, a PM prendeu 10 pessoas por participarem da farra, apreendeu 24 bois e teve sete confrontos com farristas. Em 2010, foram 25 presos, 60 animais recolhidos e oito embates com adeptos da prática.

A farra do boi é considerada crime ambiental e quem a pratica pode pegar de três meses a um ano de reclusão. Mas a penalidade não tem assustado os praticantes, e os números, embora tenham diminuído em relação ao ano anterior, ainda são considerados altos.

— Infelizmente na Semana Santa temos mais ocorrências. Por isso, contamos com o apoio da comunidade, para que denunciem e não acompanhem as farras — comenta a Major Edenice Fraga, da PM de Florianópolis.

As denúncias são responsáveis pela maioria das apreensões e prisões no Estado. No ano passado, a PM da Grande Florianópolis recebeu 302 denúncias. Em 2011, até esta segunda-feira, foram 109. Edenice lembra que o número de ligações não corresponde ao de farras, pois muitas denuncias são referentes a mesma ocorrência.

— Pedimos que as pessoas também denunciem outas ações, como o transporte de bois ou comentários na comunidade.

A PM orienta que as pessoas não vão assistir às farras. Como o número de expectadores nas redondezas é alto, os praticantes acabam se misturando com quem está assistido e a identificação dos infratores pela polícia se torna difícil.

Governador Celso Ramos, Itapema e o bairro Pantanal, em Florianópolis, são onde mais acontecem maus tratos contra os animais.

Denuncie

A PM criou um número direto  para que a comunidade denuncie a farra do boi. As ligações são anônimas e devem ser feitas para o 0800 48 17 17.

DIÁRIO CATARINENSE
 

http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&section=Geral&newsID=a3279131.htm

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal