A A A
Três peixes vivos são encontrados em pacote do Sedex em Londrina PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
09-Dez-2011
Pauline Almeida com informações da assessoria de imprensa
Em apenas três dias, a Polícia Ambiental de Londrina fez uma nova apreensão de animais dentro de embalagens do Sedex. Após achar um filhote de iguana, nesta sexta-feira (9), três peixes – provavelmente exóticos – foram encontrados por funcionários da Central de Distribuição dos Correios.

Ainda não se sabe de qual espécie são os peixes - Divulgação / Polícia Ambiental
Ainda não se sabe de qual espécie são os peixes - Divulgação / Polícia Ambiental
Durante a separação das correspondências, os profissionais notaram que o conteúdo de um dos pacotes seria de animais vivos, através do detector de raio-X. Policiais ambientais foram até o local e se surpreenderam com a presença dos três peixes, que estavam sendo enviados de São Paulo a Guaíra.

De acordo com dados da Polícia Ambiental, esse tipo de transporte configura o crime de abuso e maus tratos aos animais. Caso se constate que os peixes eram de espécies silvestres, a infração é de tráfico de animais.

Os Correios alertam que qualquer transporte de animal silvestre ou exótico vivo é proibido em suas encomendas. Devido aos casos registrados, os estabelecimentos vão intensificar a fiscalização e contarão com o apoio da polícia para descobrirem quem são os destinatários e remetentes.
 
O tráfico de animais é a terceira atividade clandestina que mais gera dinheiro ilegal. O Brasil é um dos países que mais sofre com o problema dada à diversidade de sua fauna e flora.
O comandante da Polícia Ambiental, capitão Ricardo Eguedis, alerta que os responsáveis pela encomenda cometeram crime ambiental
O comandante da Polícia Ambiental, capitão Ricardo Eguedis, alerta que os responsáveis pela encomenda cometeram crime ambiental

 
Outros casos

Nesta terça-feira (6), um filhote de iguana foi encontrado também em um pacote do Sedex em Londrina. A polícia investiga quem seriam os responsáveis pela compra e envio da encomenda ilegal.

Já em março, um pacote enviado do estado do Rio de Janeiro a Uraí (51 km de Londrina) continha sete cobras da espécie norte-americana cornsake. Através de uma entrega monitorada, a Polícia Federal de Londrina e o Ibama deram o flagrante no receptador.

Em agosto, a Polícia Federal de Londrina também participou da Operação Arapongas deflagrada em sete estados e que culminou na prisão de seis pessoas.

Em Arapongas (37 km de Londrina), um casal foi detido, acusado de manter um site para venda ilegal de animais. Quatis podiam ser adquiridos com pagamento parcelado em até 18 vezes.
 

http://londrina.odiario.com/policia/noticia/519577/tres-peixes-vivos-sao-encontrados-em-pacote-do-sedex/

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal