A A A
Utilizar animais em pesquisa científica: certo ou errado? PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
16-Out-2010

VEJA realiza série de entrevistas com especialistas sobre o uso de animais na Ciência, cujo debate se insere na fronteira entre a biologia, a ética e o Direito

Marco Túlio Pires

 No sentido horário: no alto, à esquerda, ativistas protestam na Malásia contra a instalação de uma empresa de biotecnologia que faz testes pré-clínicos com animais; ativistas a favor dos testes com animais marcham no Campus da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos; integrantes do PETA (People for the Ethical Treatment of Animals - Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais), protestam contra o uso de animais em testes de cosméticos, na Índia (AFP)

No sentido horário: no alto, à esquerda, ativistas protestam na Malásia contra a instalação de uma empresa de biotecnologia que faz testes pré-clínicos com animais; ativistas a favor dos testes com animais marcham no Campus da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos; integrantes do PETA (People for the Ethical Treatment of Animals - Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais), protestam contra o uso de animais em testes de cosméticos, na Índia (AFP)

A partir deste sábado, o site de VEJA apresenta uma série de entrevistas com os nomes mais importantes do debate sobre o uso de animais em pesquisas médicas – tema hoje situado na fronteira entre a biologia, a ética e o direito.

O primeiro entrevistado da série é o médico Ray Greek, autor do livro Specious Science: Why Experiments on Animals Harm Humans (Ciência das Espécies: Por que Experimentos com Animais Prejudicam os Humanos, sem edição no Brasil). Para o especialista, não só é desnecessário o uso de animais em pesquisas científicas, como esta opção poderia até atrasar o avanço da ciência. Greek não usa argumentos éticos ou morais, nem se diz preocupado em salvar vidas animais. Sua motivação, afirma, é puramente científica.

Neste domingo, o também médico Michael Cohn faz a defesa do uso de animais. É graças a este tipo de pesquisa, segundo ele, que os humanos vivem cada vez mais e melhor. Conn relata que teve vários amigos de profissão perseguidos, atacados ou ameaçados de morte por ativistas ligados à defesa dos direitos animais, o que o motivou a escrever o livro The Animal Research War (A Guerra da Pesquisa Animal, também sem edição no Brasil).

Na segunda-feira, é a vez do advogado Steven Wise, professor de direito dos animais da Universidade de Harvard, que defende que algumas espécies deveriam possuir os mesmos direitos à integridade e liberdade física que os humanos. Para ele, cães, grandes primatas, golfinhos, elefantes e papagaios africanos deveriam ser equiparados, em status, ao homem.

Na terça-feira, o site vai publicar reportagem sobre a história do uso de animais pela ciência, ressaltando os maiores sucessos e insucessos dessa prática.

Clique no link abaixo e deixe sua opinião sobre o assunto, participe da enquete.

http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/utilizar-animais-em-pesquisa-cientifica-certo-ou-erradoo

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal