A A A
Volta Redonda: SMMA diz que aterro está fechado e cães são monitorados PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
11-Set-2012
 
ImageA Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) esclareceu que o aterro de resíduos sólidos de Volta Redonda está sendo encerrado, após um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) feito com o Ministério Público Federal (MPF). No local, de acordo com a nota, não há mais despejo de resíduos sólidos domiciliares, mas somente de resíduos hospitalares, que recebem o devido tratamento, com esterilização em autoclave. "Por conta disso, o acesso de pessoas não autorizadas ao local está proibido, o que é previsto no TAC feito com o Ministério Público", diz a nota.

Com relação aos animais, a secretaria informou que no local estão cerca de 24 cães - de acordo com uma contagem feita pelos veterinários do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que está monitorando os animais.

- Os cães estão recebendo ração diariamente do CCZ, e são avaliados semanalmente pelos veterinários do órgão, sendo que o estado de saúde deles é considerado bom. Os animais já estão sendo encaminhados para adoção pela SMMA - diz a nota.

E continua: "É importante frisar que, lamentavelmente, muitas pessoas ainda abandonam seus animais nos arredores do aterro".

A secretaria também explicou que apoia integralmente as ações para posse responsável de animais - em conjunto com o CCZ e entidades civis dedicadas à proteção de animais, como a Feira de Adoção, que já teve pelo menos três edições realizadas, com total apoio da administração municipal.

- Na edição deste final de semana, por sugestão dos próprios voluntários das entidades civis - tendo em vista o feriado de 7 de setembro - não houve a participação de funcionários do CCZ e SMMA - prossegue a nota.

A secretaria esclareceu ainda que está à disposição para colaborar com os esforços das entidades civis para diminuir o problema dos animais abandonados na cidade, inclusive os que estão no aterro de resíduos.

A nota informa ainda que o assessor de comunicação da prefeitura, Ricardo Ballarini, esteve em contato com voluntários da Sociedade Protetora dos Animais (SPA) e informou a situação dos animais no aterro, esclarecendo que não seria permitida a entrada de pessoas não autorizadas no local, e orientando os voluntários quanto aos procedimentos que deveriam ser adotados pelos mesmos.

O caso dos cachorros no aterro sanitário de Volta Redonda foi divulgada ontem (10), na seção Eu, Diário do DIÁRIO DO VALE. A internauta Pamela de Castro enviou ao site do jornal uma foto e um texto denunciando que um grupo de voluntários, que cuidava dos animais, teria sido proibido de entrar no aterro.
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal