Ambientalistas repudiam intenção de exploração de diamantes na reserva da Palanca Negra em Angola PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
27-Fev-2013
 
O projeto está dentro da reserva do Luando - Angop
O projeto está dentro da reserva do Luando - Angop
Luanda -
Alguns ambientalistas e biólogos angolanos repudiaram a intenção de uma empresa de origem “duvidosa” que elaborou um projeto denominado “Capunda”, que visa a exploração de diamantes na Reserva Integral do Luando (Malanje), habitat natural da Palanca Negra Gigante.
 
Uma fonte da Angop disse hoje, terça-feira, que este projeto já começou a criar uma discórdia, não só por parte dos ambientalistas e biólogos, como nos populares que vivem nas cercanias que foram anunciadas, com o receio de serem desalojados.
 
“ A área de concessão do projeto está toda dentro da Reserva Natural e Integral do Luando, onde estão as últimas manadas de Palancas Negras Gigantes”, disse a fonte.
 
Acrescentou que este projeto poderá causar um aumento da pressão sobre os animais, devido a destruição e perturbação do seu habitat, além do incentivo a caça furtiva e circulação de pessoas no local.
 
Segundo a fonte, o projeto não deve ser possível à luz da legislação ambiental em vigor no país, visto que não reflete o compromisso do Estado tal como descreve no ponto 2 do Artigo 39º da Lei Constitucional da República de Angola.
 
 A implementação de um projeto desta dimensão numa das mais importantes reservas naturais do país pode abrir um excedente extremamente negativo e com eventuais consequências para todo a rede de áreas protegidas nacionais, podendo resultar na aprovação de ações de desenvolvimento de género em outras zonas verdes.
 
Realçou que a Reserva Integral do Luando é a única área de conservação em Angola que está no Anexo I da União Mundial para Conservação da Natureza (UICN), da qual Angola faz parte.
 
“O Anexo I é o mais importante e restrito e impede o desenvolvimento de quaisquer tipos de atividades de desenvolvimento, indústrias e turísticas, sendo apenas permitido a proteção da biodiversidade e investigação científica”, lembrou.
 
Desta feita, para o responsável, a empresa responsável que autoriza a exploração e extração de minério deve primar pelo conjunto dos dez (10) princípios ambientais nos contratos que assina com os seus parceiros, como importante instituição nacional do país e membro signatário do Memorando de Entendimento para a preservação da Palanca Negra Gigante.
 
Interrogado caso o projeto avance, a fonte advertiu que efeitos negativos poderão surgir como uma agitação e movimentação de repúdios que terá reflexos não apenas a nível nacional como internacional.
 
A Palanca Negra Gigante, além de ser o símbolo nacional conhecido por todos os angolanos, é também um animal em ameaça de extinção.
 
Atualmente se estima não existirem mais do que 100 animais e com o seu núcleo principal localizado na área Centro e Norte da Reserva do Luando.
 
Sob coordenação do Ministério do Ambiente, têm sido, desde 2003, desenvolvido, com o apoio de diferentes parceiros, projetos para proteger a Palanca Negra Gigante nas suas áreas de origem, no contexto do Projeto de Conservação da Palanca Negra Gigante.
 
Entre 2009 a 2011 foram realizadas operações de capturas que decorreram nas duas áreas de conservação da Palanca Negra Gigante, nomeadamente no Parque Nacional da Cangandala e na Reserva Integral do Luando.
 
As referidas operações permitiram a marcação de mais de 50 animais, sem se registar morte ou lesão de qualquer.
 
Com esta ação foi possível criar o Santuário da Palanca Negra Gigante no Parque Nacional de Cangandala, onde estão confinados 24 animais, oito dos quais nasceram neste local.
 
Assim, os ambientalistas e biólogos de Angola, assim como especialistas internacionais trabalham na proteção deste animal, além do controle da sua reprodução e das investigações científicas.
 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, através do BLOG ou então pelos nossos Grupo no YAHOO, Grupo Rede Bichos e Comunidade ORKUT. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal