A A A
Apesar protestos, zoológico dinamarquês disseca leão em público PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
15-Out-2015
 

Crianças e adultos cobrem o nariz enquanto assiste a leão ser dissecado no zoológico Odense na Dinamarca. Reuters / Claus Fisker


Da EFE
Copenhague - O Odense ZOO, na Dinamarca, dissecou perante o público nesta quinta-feira um leão sacrificado há alguns meses, apesar de uma campanha internacional contrária ao ato e que recolheu 130 mil assinaturas.

Cerca de 400 pessoas, entre elas muitos estudantes, presenciaram uma prática comum nos zoos dinamarqueses e que a direção do local justificou ter fins didáticos.

"Fazemos isso porque faz parte de um grande pacote de difusão de conhecimentos. Ver um animal morto é algo grandioso para todos", declarou à TV pública a principal zoóloga deste centro, Nina Collatz Christensen.

Ela ressaltou que a experiência permite ao público ver de perto os órgãos de um mamífero semelhante ao homem e proporciona uma relação distinta com os animais.

"No mercado você não vê porcos e bois, você só vê a carne picada. Aqui se tem uma melhor compreensão da vida e da morte dos animais", afirmou.

O zoo de Copenhague foi objeto de uma polêmica com repercussão mundial há pouco mais de um ano, inclusive com ameaças de morte ao diretor, após anunciar o sacrifício de uma girafa para evitar problemas de consanguinidade e a posterior dissecação pública.

No caso atual, um leão e seus dois irmãos foram sacrificados em fevereiro para reduzir a população e o risco de endogamia (acasalamento entre animais aparentados), depois de nenhum outro zoo na Europa ter conseguido acolhê-los.

Da mesma forma que em outros zoológicos na Dinamarca, a anatomização em público é uma prática normal no de Odense, que este ano já realizou a ação com um camelo e um pônei e quer repetir a experiência com os outros dois leões atualmente congelados.

As reações contrárias procedem fundamentalmente de fora da Dinamarca. No país não há grandes críticas e a principal associação de proteção aos animais apenas reprovou as condições em que porcos e frangos ficam armazenados depois que são sacrificados para se transformar em alimentos.
 
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal