A A A
Atentados contra fauna e flora podem acabar com a vida no planeta, diz Nações Unidas PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
29-Abr-2013
Autor: Harry Usseglio
ONU exigiu punições mais severas contra delitos à fauna e à flora

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas da Fauna e da Flora (CITES) propuseram na terça-feira que os governos sejam mais drásticos em punir os crimes contra a fauna e a flora, já que isto viola a vida em nosso planeta.

Num recente relatório do UNODC sobre o crime organizado na Ásia foi revelado que o comércio ilegal de animais silvestres cresceu a 2,5 bilhões de dólares por ano e produtos de madeira totalizam 17 bilhões, informou a ONU.

“Com leis inadequadas, penalidades leves e falta de coordenação das autoridades, facilita-se o trabalho dos traficantes”, disse Yuri Fedotov, diretor-executivo do UNODC, na Convenção da Comissão sobre Prevenção ao Crime e Justiça Criminal, realizada em Viena.


Um macaco repousa num galho (Justin Sullivan/Getty Images)
Um macaco repousa num galho (Justin Sullivan/Getty Images)

“É necessário implementar sanções de quatro ou mais anos de prisão nas legislações nacionais”, disse Fedotov, segundo a ONU.

A destruição do próprio solo viola a própria alimentação humana. A maioria de nossos alimentos vem daí, assim como matérias-primas para nosso abrigo, proteção e conforto. O desmatamento e o cultivo inadequado violam nossos solos.

De acordo com relatórios acadêmicos, após uma queimada, bactérias e fungos desaparecem, em seguida, os minerais, previamente misturados no solo, são perdidos quando expostos a chuvas e ventos, desaparecendo do solo e deixando-o empobrecido.

Por sua vez, uma terra sem árvores deixa o solo desprotegido contra intempéries, exposto a chuvas e ventos, produzindo erosão e levando a infertilidade do solo. A exploração excessiva dos recursos não renováveis, como petróleo, carvão e calcário, contribuem para isso.

As plantas protegem a vida. Eles combinam elementos como água, ar, matéria orgânica, sais minerais e luz e transformam-nos em frutas, sementes, folhas e madeira, além de purificar o ar que respiramos e nutrir a terra em que se enraízam.

Ao destruir o ambiente natural onde os animais vivem, nós os forçamos a emigrarem, mas se eles não conseguem ambientes apropriados, o que ocorre muitas vezes, eles morrem.

A caça e a pesca indiscriminadas também têm contribuído para a extinção massiva de espécies animais e vegetais que são interdependentes na composição do ecossistema.

A degradação excessiva da terra não permite que ela possa se recuperar e tudo isso cria um grave impacto ambiental, dando origem a desertos áridos, oceanos ácidos e a ausência de vida.


Um jovem tigre na África do Sul (Justin Sullivan/Getty Images)
Um jovem tigre na África do Sul (Justin Sullivan/Getty Images)
 
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal