A A A
Cavalo morre no Central Park, em Nova York PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
26-Out-2011
LUIS ROBERTO TOLEDO    
Cavalo morreu no que seria o início de mais um dia puxando uma charrete para turistas (foto: reprodução/Daily Mail)
Cavalo morreu no que seria o início de mais um dia puxando uma charrete para turistas (foto: reprodução/Daily Mail)
Na manhã desta terça-feira (25/10), um cavalo morreu nas proximidades do Central Park, em Nova York, nos Estados Unidos. Como era de rotina, o animal caminhava mais de três quilômetros até a região onde trabalhava puxando carruagens, levando turistas para conhecer o parque, um dos cartões postais da cidade. Por volta de 9h30, ao chegar ao local onde ficava, o cavalo morreu.

Um grupo de aproximadamente 200 cavalos são submetidos a uma jornada de nove horas diárias de trabalho.

O episódio reuniu turistas, curiosos e principalmente ativistas que protestaram na região contra os maus tratos aos bichos.  “Cavalos não foram feitos para viver e trabalhar em um ambiente urbano como NY”, disse Stacy Lobo, representante da ASPCA, entidade protetora dos animais, ao jornal Daily Mail.

O cavalo morto foi recolhido por estudiosos da Universidade Cornell College de Medicina Veterinária. O grupo fará exames para que a causa da morte seja identificada. Os resultados devem ser divulgados na quarta-feira (26/10).

Juliana Bacci
(foto: reprodução/Daily Mail)

 

http://colunas.globorural.globo.com/planetabicho/2011/10/25/cavalo-morre-no-central-park-em-nova-york/



Cavalo morre em uma rua de Nova Iorque, próxima ao Central Park


Defensores dos direitos dos animais contra charretes para turistas
 

Por:L.R.

A morte súbita de um dos muitos cavalos que puxam as charretes usadas para fazer passeios românticos ou turísticos pelas ruas de Nova Iorque levou os ativistas dos direitos dos animais a exigir novamente que esse meio de transporte seja proibido.
 
O cavalo morreu perto do cruzamento da Oitava Avenida com a Rua 54, pouco abaixo de Central Park, na manhã de domingo. Seria o início de mais uma jornada de trabalho para o animal.

"Um cavalo saudável não cai morto na rua", disse ao 'New York Daily News' Elizabeth Forel, da Coligação para Banir Charretes puxadas por Cavalos, garantindo que irá exigir uma investigação.
Segundo esta entidade, na ilha de Manhattan há 68 charretes, que são puxadas por um total de 200 cavalos em condições que levam a que os animais tenham uma esperança média de vida quatro anos inferior à dos que estão ao serviço do Departamento de Polícia de Nova Iorque.

O cadáver será autopsiado, para determinar a causa da morte. Como de praxe, a entidade que representa os empresários do setor já veio assegurar que "todos os cavalos estão bem tratados" e que este tipo de acidente "não é algo que aconteça regularmente".

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/cavalo-cai-morto-numa-rua-de-nova-iorque
 


 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal