Comércio online de marfim ameaça elefantes africanos PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
06-Mar-2013
 


Ambientalistas afirmam que há uma nova ameaça à sobrevivência dos elefantes africanos, quase tão mortal quanto as balas dos caçadores: o mercado negro de marfim pela Internet.

Presas retiradas ilegalmente são compradas e vendidas em fóruns na Internet e em sites de leilão em todo o mundo com cada vez mais frequência e isso inclui a gigante Google, segundo os activistas. Grupos de defesa da vida selvagem reunidos na Convenção sobre Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas em Banguecoque, na Tailândia, esta semana, pedem leis mais duras para coibir esse comércio.

O massacre de elefantes, que tem aumentado muito nos últimos 20 anos, está a ganhar força por causa da maior procura pelas presas na Ásia, onde são entalhadas e transformadas em ornamentos e souvenires.

«A internet é anónima, está aberta 24 horas por dia. A venda de marfim online é uma actividade de baixo risco e alto lucro para os criminosos», afirma Tania McCrea-Steele, do Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal.
 
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, através do BLOG ou então pelos nossos Grupo no YAHOO, Grupo Rede Bichos e Comunidade ORKUT. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal