A A A
Depois dos porcos, perto de mil patos aparecem mortos num rio na China PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
25-Mar-2013
 
Depois de 16 mil porcos terem sido recolhidos do rio Huangpu, sacos com carcaças de patos foram encontrados na região de Pengshan, província de Sichuan.

Ainda não se sabe o que motivou a morte de milhares de porcos há duas semanas ALY SONG/REUTERS
Ainda não se sabe o que motivou a morte de milhares de porcos há duas semanas ALY SONG/REUTERS
Não se sabe a origem nem o que provocou a morte dos mais 16 mil porcos que foram retirados nas últimas duas semanas do rio Huangpu, que fornece a água para consumo doméstico de Xangai. Agora, as autoridades chinesas enfrentam um novo caso mas com patos. Pelo menos mil aves surgiram mortas no rio Nanhe, na região de Pengshan, província de Sichuan, sudoeste da China.

Os patos foram descobertos na última quinta-feira, mas só este domingo as autoridades de Pengshan confirmaram o caso. Em declarações à rádio nacional chinesa, Liang Weidong, do gabinete de relações públicas do departamento de Pengshan, avançou que foram encontrados 50 sacos com carcaças de animais no rio, com cerca de mil animais no total. Segundo o mesmo responsável, não foi ainda possível determinar a causa da morte dos patos tendo em conta que a maioria dos corpos estava em avançado estado de decomposição.

Por precaução, Liang Weidong indicou que os animais foram desinfectados e enterrados numa área isolada.

Este caso surge duas semanas depois de milhares de porcos terem aparecido a flutuar no rio Huangpu. Terminadas as operações de recolha de carcaças dos animais, as autoridades indicaram que mais de 16 mil porcos foram encontrados e que estes terão sido deitados ao rio em Jiaxing, onde existem cerca de 100 mil suiniculturas, com 4,5 milhões de porcos criados por ano, segundo números avançados pela comunicação social chinesa.

O receio de risco para a saúde pública motivou na altura centenas de comentários de habitantes de Xangai, nomeadamente no microblogging Weibo, uma espécie de Twitter chinês, e o caso dos patos está a causar a mesma reacção, com a população a questionar as autoridades sobre a qualidade da água para consumo humano. “Os patos mortos no rio em Pengshan apresenta-nos um problema muito prático e mostra-nos como o limite do aceitável na sociedade é cada vez mais baixo”, escreveu no Weibo o utilizador "If So", citado pela BBC.

Às dúvidas da população de Pengshan, as autoridades respondem, para já, com garantias de que não há qualquer ameaça à qualidade da água para consumo doméstico ou animal.
 
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal