A A A
Dois estados americanos poderão abater leões-marinhos PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
16-Mai-2011
DA REUTERS
Os estados norte-americanos de Washington e Oregon receberam autorização para matar leões-marinhos californianos que se alimentam de uma espécie de salmão que vive na barragem de Bonneville.

Esta é a segunda vez que o departamento de pesca da Noaa (Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA) aprova a morte dos animais, que costumam subir o rio Columbia para comer os salmões que não conseguem ultrapassar a barragem durante o período de reprodução.

Em números, segundo cálculos da Nooa, a perda seria de 5.000 salmões por ano e estaria comprometendo a criação dos peixes.

A medida, válida desde sexta-feira (13), estipula que 85 leões-marinhos podem ser mortos anualmente e somente aqueles que têm como base alimentar os tais salmões.

"Não é uma decisão fácil para nossa agência tomar", comentou o administrador regional da Noaa, William Stelle.

Os leões-marinhos californianos são protegidos pelo Ato de Proteção de Mamíferos Marinhos, mas a Noaa afirma que a população dos animais está na casa das 238 mil espécies e seriam "saudáveis e estáveis".

Em 2008, a primeira vez que a Noaa defendeu a morte dos leões-marinhos, 26 foram mortos e dez relocados para zoológicos e aquários.
 

http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/916457-dois-estados-americanos-poderao-abater-leoes-marinhos.shtml

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal