A A A
Libertado por ativistas em protesto, pinguim pode não sobreviver PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
28-Set-2016
© Reuters
POR INÊS ESPARTEIRO ARAÚJO

Foi libertado por ativistas por pensarem que seria o melhor para o animal, mas o pinguim roubado na África do Sul não consegue sobreviver fora do seu habitat, afirmam os tratadores. Buddy foi ‘libertado’ de um parque marinho sul-africano por dois estudantes, em protesto contra os cativeiros de animais.
 
Buddy nasceu no parque e os tratadores indicam que o animal não sabe como sobreviver noutro tipo de habitat. Além disso, explicam também que o pinguim pode durar apenas duas semanas, existindo ainda o risco de morrer à fome.

“Ele não vai ter nenhuma ideia do sítio onde está. Felizmente, era um pinguim saudável – na verdade, bastante gordo – o que lhe permite ter reservas para algumas semanas. Contudo, o parque estima que ele não conseguirá sobreviver mais do que três semanas”, disse Bylan Bailey, gerente do Bayworld em Port Elizabeth, cidade na África do Sul

Segundo a CCTV, os dois estudantes conseguiram chegar à piscina do parque e metê-lo dentro de um barco, até o levarem para perto do mar, onde o libertaram. Apesar de não terem más intenções, Bailey explicou à AFP que esta ação pode ter consequências graves.

* preservada a grafia lusitana original
 
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal