A A A
Sea Shepherd intercepta caçadores de baleia antes de uma única baleia ser morta PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
29-Jan-2013
 

Fonte: Sea Shepherd Austrália.
Na noite desta segunda (28), durante uma patrulha no Santuário de Baleias da Antártica, o rápido navio interceptor da Sea Shepherd Austrália, o SSS Brigitte Bardot, interceptou um navio arpoador, o Yushin Maru 3.

O Capitão Jean Yves Terlain, do Brigitte Bardot, declarou: “O Yushin Maru 3 estava em curso oeste, indicando que a frota pegou mau tempo nos últimos dias. A latitude em que eles foram encontrados foi bastante a extremo norte, e uma vez que as grandes concentrações de baleias são encontradas mais ao sul, mais perto do Continente Antártico, onde há alta concentração de krill, isso indica que eles ainda não começaram a caça”.

O co-líder da Operação Tolerância Zero, Bob Brown, ficou emocionado quando ouviu a notícia. “É provável que tenhamos interceptado estes caçadores de baleia antes de um único arpão ser atirado. Os amantes das baleia na Austrália e ao redor do mundo estão entusiasmados porque a Sea Shepherd está lá, mas ainda assustados pela frota baleeira estar no Santuário de Baleias”.

O Capitão Peter Hammarstedt, do Bob Barker, declarou: “A partir de experiências anteriores, sabemos que os navios arpoadores nunca estão longes do navio-fábrica, ou seja, o matadouro flutuante, o Nisshin Maru, deve estar por perto”.

O co-líder da Operação Tolerância Zero, Jeff Hansen, declarou: “Estamos no final de janeiro e parece que nem uma única baleia foi morta. Nós agora só precisamos nos manter grudados nesses caçadores. A Sea Shepherd vai fazer a sua parte para defender a decisão do Tribunal Federal da Austrália. Nós não vamos tolerar a morte de uma única baleia dentro do estabelecido Santuário de Baleias por estes caçadores”.

Os outros três navios da Sea Shepherd, o SSS Steve Irwin, o SSS Bob Barker e o SSS Sam Simon, permanecem em guarda e na caça da Estrela da Morte de Cetáceos, o Nisshin Maru, em defesa das baleias.

O fundador da Sea Shepherd, o Capitão Paul Watson, fez o seguinte comentário: “Como um cidadão dos EUA, vou respeitar e cumprir a decisão da Nona Corte Distrital dos Estados Unidos e não violarei a liminar concedida ao Instituto de Pesquisa de Cetáceos. Estou a bordo do Steve Irwin como observador da Operação Tolerância Zero, para documentar a matança ilegal de baleias do Japão. Tenho toda a fé no ex-líder Verde australiano Bob Brown para liderar a nona campanha da Sea Shepherd em defesa das baleias na Antártica, a Operação Tolerância Zero. Estou igualmente confiante nas habilidades e liderança dos capitães de todos os quatro navios da Sea Shepherd, porque eles têm a paixão e o compromisso de defender a decisão do Tribunal Federal da Austrália que proíbe caça de baleias pelo Japão”.
 
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal