A A A
União Europeia propõe a proibição de “shark finning” PDF Imprimir E-mail
Noticias - ANIMAIS - MUNDO
28-Nov-2011
Por Natasha Romanzoti

A União Europeia propôs uma proibição geral da remoção das barbatanas de tubarão, prática conhecida como shark finning, em que as barbatanas dos tubarões são cortadas, muitas vezes enquanto os animais ainda estão vivos, e seus cadáveres jogados no mar.

A Comissão Europeia apresentou o projeto de lei proibindo essa prática em todos os navios que pescam nas águas da UE, e em todos os navios da UE registrados em qualquer lugar do mundo.
As propostas pretendem fechar uma brecha nas regras da EU, que proíbem shark finning, mas permitem que os pescadores tenham pedaços de tubarão em seus barcos, incluindo as barbatanas valiosas, desde que cumpram com uma relação peso/carcaça de 5%.

Grupos de conservação de tubarões fizeram campanha durante anos contra essa relação, dizendo que permite que os pescadores europeus despejem um grande número de carcaças de tubarão no mar a cada ano.

“Ao fechar a brecha na nossa legislação, queremos erradicar a prática horrenda do finning e proteger os tubarões de uma forma muito melhor”, disse Maria Damanaki, chefe de pescarias da UE.

Segundo as propostas, os pescadores teriam de chegar em terra com os tubarões inteiros, com as suas barbatanas anexas, embora eles sejam autorizados a fatiar o animal, em parte, para facilitar o armazenamento e manuseio.

O projeto de regras deve agora ser aprovado pela maioria dos governos da UE no Conselho Europeu e legisladores no Parlamento Europeu antes de se tornar lei.

“Uma proibição da remoção das barbatanas de tubarão trará benefícios significativos para a gestão da pesca de tubarões e conservação, não só na Europa, mas em todos os oceanos onde navios europeus pescam tubarões”, disse Allison Perry, do grupo de conservação Oceana.

Em 2009, pescadores da UE desembarcaram mais de 110 mil toneladas de tubarões e raias em todo o mundo. A Europa é a segunda maior capturadora de tubarões, atrás somente da Índia. Espanha, França, Portugal e Grã-Bretanha representam mais de 90% das capturas de tubarões da UE, com a Espanha responsável por mais de metade do total.

China é a maior importadora e consumidora mundial de barbatanas de tubarão, principal ingrediente da sopa de barbatana de tubarão. A UE é a maior fornecedora de barbatanas para a China.

A demanda crescente por barbatanas tem contribuído para um terço de todas as espécies de tubarão europeu sendo ameaçadas de extinção, por isso a proibição é tão necessária. [ScientificAmerican ]
 

http://hypescience.com/uniao-europeia-propoe-a-proibicao-de-%E2%80%9Cshark-finning%E2%80%9D/

Saiba mais

 

15-Jul-2011

29-Jun-2011

3. Tubarões pescados ilegalmente são apreendidos no Pará
(Arquivado/Noticias/ANIMAIS - BRASIL)
04-Abr-2011

4. Protesto contra tubalhau de Noronha
(Arquivado/Noticias/ANIMAIS - BRASIL)
31-Mar-2011

28-Mar-2011

02-Dez-2010

 

 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal