A A A
Mais desmatamento na Amazônia PDF Imprimir E-mail
Noticias - MEIO AMBIENTE - BRASIL
25-Fev-2013
Autor: Bernardo Camara, do Greenpeace
Foto: Karla Gachet/Panos/Greenpeace
Foto: Karla Gachet/Panos/Greenpeace
Depois de ter atingido seu menor índice anual – 4.656 km2 – o desmatamento na Amazônia voltou a subir, mês a mês. Segundo o Boletim do Desmatamento do Imazon, que acaba de ser divulgado, houve um aumento de 6% no último mês, comparado ao mesmo período do ano anterior. Mas se o recorte for de agosto de 2012 a janeiro de 2013, a subida é de 118% em relação a um ano antes.

Os dados são do Sistema de Alerta do Desmatamento (SAD), que enfrentou 61% da área florestal coberta por nuvens. Ou seja: os números podem ser ainda maiores. O estado do Amazonas liderou o salto, com 192% a mais nas derrubadas (de 53 km2 para 156 km2). Foi seguido pelo Pará – com aumento de 160% – e por Mato Grosso, com 134%.

De acordo com cálculos do Imazon, todas essas derrubadas comprometeram ao menos 1 milhão de toneladas de CO2 equivalente. Isso só em janeiro. Se pergarmos todo o período entre agosto e janeiro, o número vai para 68,5 milhões de toneladas – um aumento de 71% em relação ao ano anterior.

Um dos antídotos para esse cenário depende de você para virar realidade: o projeto de lei popular do desmatamento zero. Mais de 757 mil pessoas já assinaram para transformar em lei o fim da devastação. Assine também e compartilhe com seus amigos.

* Publicado originalmente no site Greenpeace.
 
 

 
< Anterior   Próximo >

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, no nosso BLOG ou então pelo nosso Grupo no YAHOO. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal