Preparação em Caso de Desastres e Emergências PDF Imprimir E-mail
 
As emergências se apresentam em várias formas e podem requerer desde uma evacuação curta até uma evacuação permanente. Cada tipo de desastre requer medidas diferentes para manter seus animais seguros. O melhor que você pode fazer por você e seus animais é estar preparado.

Passo 1 - Consiga uma Etiqueta Adesiva para Alerta de Resgate

Esta etiqueta adesiva fácil de utilizar fará com que as pessoas saibam que existem animais dentro de sua casa. Esteja certo que estará visivel para os que trabalham com resgate e que inclua: 1) as espécies e quantidade de animais em sua casa; 2) o seu nome ou de pessoa responsável para contato; e 3) o número de seu telefone. Se tiver que evacuar com seus animais e se o tempo permitir, escreva "EVACUADOS" nessas mesmas etiquetas adesivas. Veja aqui um modêlo de etiqueta para você imprimir.

Passo 2 - Organize um Refugio Seguro
Organize um refugio seguro para seus animais em caso de uma evacuação. NÂO ABANDONE SEUS ANIMAIS. Lembre-se, se não é seguro para você, não será seguro para seus animais. Eles correm o risco de permanecer presos ou escaparem e serem expostos a numerosos perigos fatais. Leve em consideração que nem todos os refugios para desastres aceitam animais, por isso mesmo é muito importante que tenha determinado antecipadamente aonde deixará seus animais:
- Obtenha uma lista de locais para hospedagem.
- Consulte seu alberque local para animais se o mesmo proporciona refugio em caso de emergencias.
- Identifique os hotéis fora de sua região e que aceitem animais.
- Pergunte a seus amigos e familiares que estejam fora de sua região se estão dispostos a cuidar de seu animal.

Passo 3 - Kit de Emergência e Suprimentos para viagens

Mantenha suas mochilas de evacuação, kits e suprimentos de seus animais em seu fácil alcance. Assegure-se que todos de sua familia saibam onde está. Estes suprimentos devem estar etiquetados claramente e serem fáceis para carregar. Os artigos que devem ser considerados para levar ou estarem próximos de seu kit incluem:
- Farmácia de primeros socorros para animais e uma guia (pergunte também a seu veterinario o que incluir).
- Um kit para 3-7 días de comida enlatada (abre fácil) ou ração seca (esteja certo de trocar esse kit a cada dois meses).
- Bandejas sanitárias descartáveis (as bandejas de aluminio são perfeitas).
- Areia, toalhas de papel ou jornal.
- Sabão líquido para pratos e desinfetante.
- Sacos de lixo descartáveis para limpeza.
- Comedouros para os animais.
- Guias extras e coleiras (nota: as guias são recomendadas por questão de segurança).
- Fotocópias dos registros médicos e um recipiente impermeável com um estoque para duas semanas de qualquer medicamento que seu animal necessite (Lembre-se, os alimentos e medicamentos devem ser trocados de seu kit de emergência caso contrario poderão estragar ou perder a validade).
- Garrafa de água, para ao menos uma medida para 7 días para cada pessoa e animal (guarde-a em um lugar fresco, seco troque-a a cada dois meses).
- Uma bolsa de viajem, caixa de madeira ou caixa de transporte resistente, caso seja possível, tenha uma para cada animal.
- Lanterna e pilhas.
- Cobertor (para acolher em seus braços um animal assustado).
- Fotos recentes de seus animais (em caso de separação e necessidade de imprimir cartazes de "Desaparecido").
- Especialmente para gatos: Fronha, brinquedos e areia higiênica.
- Especialmente para cães: coleira, guia de grande extensão e fecho de segurança para contensão, brinquedos e brinquedos para mascar, cobertores para gaiolas ou caixa de transporte.
- Certamente deverá ter também uma farmácia de emergência para os membros de sua família. Estão incluidos também: pilhas, fita isolante, lanterna, radio, ferramentas múltiplas, lona, corda, marcador permanente, tinta spray, lenços umedecidos, roupas e calçados de proteção, dinheiro extra, apito de emergência, números de telefone importantes, medicação extra e cópias de informações médicas e de seguros.

Passo 4 -  Eleja "Cuidadores Designados"
Este passo tomará muito de seu tempo e bastante reflexão. Quando escolher alguém para cuidar de seu animal temporariamente, considere alguem que seja de extrema confiança e viva próximo de sua residencia (atenção: morar próximo à sua residencia não servirá óbviamente para o caso de evacuação, nesse caso deverá ser alguém que resida em outra região). Deverá ser alguém que em geral esteja em casa durante o dia, enquanto você está no trabalho, ou tenha fácil acesso à sua casa. Você deverá entregar um conjunto de chaves para esta pessoa confiável. Isso pode funcionar bem com os vizinhos que têm seus próprios animais de estimação, você pode até mesmo trocar responsabilidades, dependendo de quem tenha acesso.
Quando for selecionar um cuidador, deverá considerar outros critérios. Esta é uma pessoa a quem estará encarregando o cuidado de seu animal no caso de algo acontecer a você. Quando escolher esse "pai ou mãe adotivo", considere as pessoas que tenham conhecido seu animal e que tenham experiencia em cuidar de animais. Não esqueça de explicar sobre as suas expectativas com essa pessoa designada, para que a mesma compreenda a grande responsabilidade que será cuidar de seu animal.

Passo 5 - Preparação para uma evacuação
Se tiver de evacuar sua casa durante uma crise, tnha um plano para o pior caso. Caso ache que vá se ausentar por um dia, assuma que não poderá regressar por várias semanas. Quando forem anunciadas recomendações para evacuar, sigas as informações dos responsáveis oficiais locais e estatais. Para minimizar o tempo de evacuação, siga estes passos:
- Mantenha um kit para emergências, guias e coleiras o mais próximo de uma saída.
- Assegure-se que todos os animaiss estejam utilizando coleiras e plaquetas contendo identificação atualizada. A plaqueta de identificação de seu animal deverá conter o seu nome, numero de telefone e qualquer necessidade médica que seja importante. Esteja certo de escrever o nome de seu animal, seu nome e informaçõe de contato na caixa de transporte.
- É recomendável colocar un microchip em seu animal como una forma mais permanente de identificação. O microchip é implantado na área do ombro do animal e o mesmo pode ser lido através de um scaner.
- Sempre mantenha seus animais dentro de casa ao primeiro sinal ou advertência de um temporal ou qualquer outro desastre natural. Os animais podem se desorientar e perder o sentido de direção durante uma crise.
- Pense em sua rota de evacuação e mantenha-se informado para fazer arranjos para manter seu animal de estimação fora da zona de perigo no primeiro sinal de desastre.

Passo 6 - Considerações Climáticas e Geográficas
Você vive em uma área que é propensa a catástrofes naturais, como tornados, terremotos o inundações? Em caso positivo, deve planificar segundo cada caso.
Determine bem e com antecipação quais locais são refugios seguros. Esses locais devem estar livres de perigos como janelas, escombros trazidos pelo ar, etc.
O acesso a água fresca é muito importante. Nas áreas que se pode perder a eletricidade, encher banheiras e pias com antecedência para garantir que você tenha acesso a água durante uma falha de energia ou outras crises.
Em caso de inundações vá ao lugar mais alto de sua localização, ou a uma construção que tenha aceso a patamares altos, aonde seus animais possam refugirar-se.
Se os responsáveis oficiais pela emergência recomendarem que permaneça em casa, é importantissimo que mantenha seus animais ao seu lado. Mantenha seu kit de evacuação e primeiros socorros ao alcance de suas mãos. Seus animais podem estressar-se durante o enclausuramento em casa, por essa razão e dependendo da circunstância você pode mante-los em gaiolas ou caixa de transporte por segurança e comodidade.

Considerações Especiais para Pássaros
- Os pássaros devem ser transportados em uma caixa de transporte ou gaiola de viajem segura.
- Em clima frío, asegure-se de colocar um cobertor sobre a gaiola de seu animal. Isso também irá ajudar a reduzir o estres de viajar.
- Em clima quente, leve uma garaffa borrifadora para umedecer periodicamente as penas de seu pássaro.
- Tenha fotos recentes disponiveis e coloque ou mantenha as anilhas de identificação de seu pássaro.
- Mantenha a gaiola em uma área a mais tranquila possível.
- Artígos para manter ao alcance das mãos: toalha pesada, manta ou toalha para cobrir a gaiola.

Considerações Especiais para Répteis
Uma cobra pode ser transportada dentro de uma fronha, mas você deve ter uma habitação permanente e segura para ela quando chegar a um lugar seguro.
Pegue uma tigela resistente que é grande suficiente para o seu animal de estimação mergulhar dentro. Também é uma boa idéia levar uma almofada de aquecimento ou outro dispositivo de aquecimento, como uma garrafa de água quente.
Lagartos podem ser transportados como aves (ver acima).

Considerações Especiais para Animais Pequenos
Pequenos animais, como hamsters, camundongos e cobaias devem ser transportados em segurança com vasilhas de comida, cama e comida.
Itens para manter a mão: comedouro, roedor, bebedouro, garrafa de água extra, caixa de esconder pequena ou tubo, forração de cama para uma semana.
 
Tradução e adaptação: Tribuna Animal
 
 
< Anterior

Gostou? Compartilhe em sua rede social.

Escolha o Idioma

Veja também

Nossas Lutas
Aconteceu
Utilidade
Direito Animal
Cyberativismo
Textos
Fatos Reais
Websites e Blogs
Curiosidades
Galeria

Anunciantes

J_Adore_Mes_Amis_Le_Bidou
 
 
Roberto Roperto - Pizzas Vegetarianas
Nova pagina 1

Mantenha-se atualizado

Escolha como deseja se comunicar conosco ou receber as nossas notícias e informações. Estamos no Facebook, pode ser também pelo RSS FEED clicando ao lado direito, pelo TWITTER, através do BLOG ou então pelos nossos Grupo no YAHOO, Grupo Rede Bichos e Comunidade ORKUT. Quer assistir alguns vídeos interessantes, acesse o nosso Canal no YouTube. Não será por falta de opções que você ficará desinformado. Não é mesmo?

Direitos Reservados - Tribuna Animal