Inesperados vegetarianos: Bill Clinton, Mike Tyson e Joćo Gordo
Utilidade - Saude
03-Fev-2011
ESCRITO POR ARETHUSA DIAS

Quem diria que um ex-presidente americano, um ex-lutador de boxe peso-pesado e ainda um apresentador de TV punk conhecido por ser polêmico estariam nos anos 2000 levantando a bandeira verde dos hábitos vegetarianos? Pois foi exatamente o que aconteceu com Bill Clinton, Mike Tyson e João Francisco Benedan – mais conhecido como João Gordo – que aboliram a carne de suas dietas.

Saúde

O mundialmente famoso estilo de vida americano recheado de frituras, gorduras e fast food cobrou seu preço a Bill Clinton. Após passar por quatro cirurgias cardíacas – duas delas consistindo na implantação de próteses na artéria coronária -  o ex-presidente decidiu buscar uma alternativa de alimentação mais saudável.
Atualmente, a dieta de Bill Clinton é composta por legumes, frutas, grãos e, ocasionalmente, peixes. Em poucos meses, o estadista já se gabava de estar pesando o mesmo que nos anos de colegial e ainda foi escolhido “O Homem do Ano” pela PETA (People for the Ethical Treatment of Animals).

Gastroplastia

Já para João Gordo, a dieta vegetariana levou meses de adaptação até que conseguisse cortar a carne de vez da alimentação. Ele, que vive numa luta constante contra seu próprio peso, já fez redução de estômago e sofre de diversos problemas de saúde devido à obesidade.
João Gordo contou em entrevista à Isto É que, com a gastroplastia, o processo de digestão da carne se tornou mais difícil e desconfortável. Por isso, com o incentivo de seus companheiros da banda Ratos de Porão, ele decidiu adotar o estilo de vida vegetariano, mas sem panfletismos exagerados, pois não se considera propriamente um vegan (ou vegano).

Vida nova

A mudança de vida de Mike Tyson foi bem mais drástica. O lutador de boxe passou por um período emocional difícil ao perder a filha de apenas quatro anos. Para se recuperar, resolveu realizar uma transformação, abandonando velhos hábitos como o consumo de carne e outros alimentos de origem animal, assim como as bebidas alcoólicas e as drogas.
O peso-pesado eliminou 59 quilos ao adotar um estilo de vida muito mais saudável e ainda está mais em forma do que na época em que mordia orelhas nos ringues de boxe.

Cuidados

O fato é que cada vez mais pessoas do mundo inteiro aderem à dieta vegetariana em busca de uma alternativa mais saudável e também como forma de protesto contra a violência e os maus tratos contra os animais – a exemplo dos veganos.
Porém, é importante destacar que abandonar o consumo de carne e outros alimentos de origem animal não é necessariamente sinônimo de um corpo esbelto e ausência de problemas de saúde. O vegetarianismo pode ajudar a evitar doenças cardiovasculares e baixar o nível de colesterol ruim, mas é preciso ficar atento principalmente à deficiência de vitamina B12, que pode causar a chamada anemia perniciosa, levando a problemas neurológicos se não for tratada corretamente.
Como em qualquer outra mudança de alimentação, a orientação profissional é essencial para você que também quer se tornar um vegetariano.

http://papodegordo.mtv.uol.com.br/2011/02/03/bill-clinton-mike-tyson-joao-gordo-vegetarianos/