Vereadora aciona o MP por denúncias no bosque de Ribeirão Preto/SP
Noticias - ANIMAIS - BRASIL
14-Jul-2015
 
Obras do aquário e alimentação dos animais geram denúncias; governo nega problemas

Jornal A Cidade / Monize Zampieri
Ex-governista, Viviane Alexandre aponta descaso do governo (foto: 07.fev.2013 - Joyce Cury / A Cidade)
Ex-governista, Viviane Alexandre aponta descaso do governo (foto: 07.fev.2013 - Joyce Cury / A Cidade)
A vereadora Viviane Alexandre (PPS) protocolou uma representação no Ministério Público, ontem, contra um suposto descaso da prefeitura com o Bosque Municipal Fábio Barreto.

O documento apresenta reportagens do A Cidade dos últimos dois anos que vão de mato alto até o recente atraso na entrega da comida de algumas espécies, colocando-as em risco.

Os impasses relacionados ao aquário, que custou R$ 1 milhão aos cofres públicos e ainda não está aberto à visitação – caso acompanhado pelo jornal desde janeiro de 2014 – também são destacados.

Viviane pede, no documento, que providências sejam tomadas com urgência a fim de “minimizar o sofrimento dos animais do bosque, que já vivem fora de seu habitat natural”.

“O objetivo principal desta representação é auxiliar na solução dos recorrentes problemas apresentados, visando assim, dar melhores condições de trabalho, melhorando as estruturas precárias e melhorando as condições dos animais ali alocados”, ressaltou a ex-governista.

A vereadora defende a criação de um fundo municipal para o bosque, além de uma reforma estrutural.
“É um absurdo a prefeitura gastar mais de R$ 1 milhão com um aquário e não ter dinheiro para castração de cães e gatos. Ninguém precisa de um aquário aqui enquanto cães estão criando em todas as esquinas. A prefeitura precisa investir no que é prioridade”, frisou.

A ex-governista criticou a importação de animais e novamente atacou a falta de políticas públicas. “O bosque deveria ter menos animais, mas oferecer maior qualidade de vida a eles. O bosque deveria estar numa área maior e não ali sem espaço para crescer. Faltam políticas públicas em todos os setores tanto para o animal doméstico como silvestre”, disse.

Prefeitura nega problema na alimentação e aquário

A Prefeitura de Ribeirão Preto declarou que desconhece o teor da representação de autoria da vereadora Viviane Alexandre (PPS), entretanto, ressaltou que “não procede a informação de que os animais do bosque tenham ficado sem alimentação ou tenha sido oferecido alimentação de má qualidade aos animais”.

Por meio de nota, a administração ainda destacou que “o aquário está pronto, passando pelo processo de estabilização e biologia da água, medidas necessárias para que os tanques possam receber os peixes, bem como para a instalação de geradores.”

Viviane também é autora de uma representação, datada de abril, que resultou na abertura de inquérito civil no Ministério Público sobre o controle populacional de cães e gatos.

A ex-governista acusa o governo da prefeita Dárcy Vera (PSD) de “omissão criminosa” e “negligência”.

Já a prefeitura destaca que desde 2011, castrou 9.893 animais - 4,8 mil só em 2014 -, e ressalta a criação da Coordenadoria de Bem Estar Animal, que visa um trabalho educativo.
http://www.jornalacidade.com.br/politica/NOT,2,2,1080918,Vereadora+aciona+o+MP+por+denuncias+no+bosque+de+Ribeirao.aspx